Padroeiro da Internet: Carlo Acutis pode ser o primeiro santo milenar

Carlo Acutis, o padroeiro da internet, está a caminho de se tornar o primeiro santo milenar da Igreja Católica.

Apelidado de o “padroeiro da Internet”, Carlo Acutis foi um adolescente italiano que usou a Internet para divulgar sua fé. Ele faleceu de leucemia em 2006 aos 15 anos e agora está a caminho de se tornar o primeiro santo milenar da Igreja Católica.

No sábado (10), ele foi beatificado em uma cerimônia na cidade de Assis e deu um passo mais perto da santidade.

O adolescente registrou supostos milagres online e ajudou a administrar sites para organizações católicas.

Acutis foi colocado no caminho da santidade depois que o Vaticano decidiu que ele havia milagrosamente salvo a vida de outro menino.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Igreja afirmou que ele intercedeu do céu em 2013 para curar um menino brasileiro que sofria de uma rara doença pancreática.

Ele é considerado o mais jovem contemporâneo a ser beatificado – a última etapa antes da santidade.

 

Padroeiro da internet
Imagem: Reprodução / Pexels

Padroeiro da internet

Uma cerimônia foi realizada na Basílica de São Francisco de Assis no sábado. Bem como revelaram  um retrato de Acutis. Além disso, os presentes também o elogiaram por seu trabalho de caridade.

“Carlo usou a Internet a serviço do Evangelho, para alcançar o maior número possível de pessoas”, disse o cardeal Agostino Vallini na cerimônia.

“Os jovens podem estar cansados ​​de um ministério pastoral que talvez esteja um pouco fora de sintonia com os tempos, apesar de todos os seus esforços”, disse o porta-voz da Igreja Enzo Fortunato.

“Mas o Senhor intervém na história e nos assuntos humanos e nos dá essas luzes orientadoras”, acrescentou.

Para que Acutis se tornasse santo, o Vaticano teria que verificar um segundo milagre em seu nome. Mas o Papa Francisco dispensou esse requisito em ocasiões anteriores.

Acutis nasceu em Londres em maio de 1991, filho de pais italianos. A família logo se mudou para Milão, e ele passou a maior parte de sua vida na cidade.

O adolescente tinha uma paixão por computadores e, segundo consta, aprendeu a programar sozinho.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes