Presidente da França testa positivo para covid-19

Presidente da França testa positivo para covid-19 após desenvolver sintomas. Emmanuel Macron, de 42 anos, ficará isolado por sete dias, disse o Palace Elysée em um comunicado.

Presidente da França testa positivo para covid-19 após desenvolver sintomas.

Emmanuel Macron, de 42 anos, vai se isolar por sete dias, disse o Palace Elysée em um comunicado.

De acordo com um funcionário do palácio, Macron “ainda está no comando” de administrar o país e trabalhará remotamente.

O chefe da UE, Charles Michel, e o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez entraram em isolamento depois de estarem em contato com Macron na segunda-feira.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, a França impôs nesta semana um toque de recolher noturno para ajudar a lidar com casos crescentes de casos.

Já houve dois milhões de casos confirmados no país desde o início da epidemia, com mais de 59.400 mortes, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

 

Presidente da França testa positivo
Imagem: Reprodução / Getty Images

Presidente da França testa positivo para coronavírus

“O Presidente da República recebeu o diagnóstico positivo para covid-19 hoje”, disse o Elysée na manhã de hoje (17). 

O diagnóstico foi feito após um “teste feito no início dos primeiros sintomas”, acrescentou o comunicado.

Ainda não se sabe como Macron pegou o vírus. Mas seu escritório disse estar identificando contatos próximos que ele teve nos últimos dias.

Além disso, Brigitte, a esposa de Macron, também está em isolamento. Contudo, ela não apresenta sintomas.

Assim, Macron é um dos vários líderes mundiais que contraíram o coronavírus desde o início da pandemia. Mais notavelmente, o presidente dos EUA, Donald Trump, testou positivo em outubro, o que o levou a passar três dias no hospital.

 

Coronavírus na França

No início desta semana, a França aliviou as restrições de bloqueio nacional impostas para enfrentar sua segunda onda da pandemia. 

No entanto, as taxas de infecção ainda permanecem altas e foi imposto um toque de recolher diário das 20h às 06h. Além disso, as novas medidas obrigaram restaurantes, cafés, teatros e cinemas a fechar.

Na quarta-feira (16), a França registrou mais de 17.700 novos casos.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes