Professora na China envenena 25 alunos por vingança

Uma professora na China colocou nitrito no mingau no café da manhã dos alunos do jardim de infância, envenenando 25 e matando um. Professora foi condenada à morte.

Uma professora na China foi condenada à morte após envenenar 25 alunos. O motivo do envenenamento foi uma vingança após uma disputa com um colega.

A professora, Wang Yun, adicionou nitrito no mingau que foi dado à classe do outro instrutor no café da manhã em 27 de março de 2019, de acordo com uma decisão emitida na segunda-feira (28) pelo Tribunal Popular Intermediário de Jiaozuo, na província de Henan.

De acordo com o tribunal, os professores tiveram uma disputa sobre “questões de gerenciamento de alunos”, e Wang tentou envenenar a classe de seu rival.

Vários alunos que comeram o mingau começaram a vomitar e foram para um hospital. Dos 25 envenenados, um morreu e outros 23 adoeceram, disse o tribunal.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Os motivos criminais de Wang Yun são desprezíveis. Sua crueldade é extremamente profunda, seus métodos criminosos e conspiração são extremamente ruins e as consequências são particularmente graves. Assim, ela sofrerá uma punição severa de acordo com a lei”, disse o tribunal em sua decisão.

 

Professora na China
Imagem: Reprodução / Pexels

Professora na China condenada à morte

Em 2017, Wang envenenou seu marido colocando nitrito que ela comprou online em seu copo d’água após uma discussão, relatou o tribunal. Ele ficou doente, mas sobreviveu. 

O nitrito é um tipo de sal frequentemente usado na cura de carnes, mas pode ser tóxico quando ingerido.

Os tiroteios em escolas são quase inexistentes na China por causa das rígidas restrições a armas de fogo. Contudo, os alunos às vezes ainda são alvos de atos de violência em massa.

Dois estudantes foram mortos em frente a uma escola primária em Xangai em 2018 por um homem com uma faca. 

Além disso, outro atacante com facas matou dois alunos do ensino fundamental e feriu mais dois na província de Hunan no ano passado.

Em 2014, duas crianças morreram e outras 30 ficaram doentes em um jardim de infância na província de Yunnan quando um ex-segurança colocou veneno em seus lanches. 

Um ano antes, duas meninas morreram na província de Hebei quando os operadores de um jardim de infância envenenaram iogurte em uma disputa com uma escola rival.

Fonte NY Times

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes