Sol da Meia-Noite, novo livro da Saga Crepúsculo, é lançado

O tão esperado livro da Saga Crepúsculo é lançado 12 anos depois de ter seu manuscrito vazado na internet. Sol da meia-noite já é o livro mais vendido da Amazon.

0 452

O tão aguardado livro da Saga Crepúsculo, Sol da meia-noite, foi lançado ontem (4) e já dispara em primeiro lugar entre os mais vendidos da Amazon.

Sol da meia-noite traz a história do primeiro livro, Crepúsculo, contada a partir da perspectiva do personagem Edward Cullen. Segundo a autora, Stephanie Meyer, haverá cenas novas que não constam em Crepúsculo e que poderão surpreender os fãs.

A princípio, o Sol da meia-noite deveria ter sido publicado em 2008 após o lançamento de Amanhecer, o último livro da série. Contudo, o manuscrito vazou, e a história ainda não estava finalizada. Nesse meio tempo, Meyer se sentiu extremamente magoada com a situação e decidiu colocar o livro em uma “pausa”, chegando a dizer algumas vezes que não o publicaria.

 

sol da meia-noite é lançado
Imagem: Reprodução / Intrínseca

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Coronavírus ajudou na publicação do Sol da meia-noite

Em maio, Meyer causou rumores sobre o lançamento do romance quando uma misteriosa contagem regressiva apareceu em seu site. Logo depois, ela confirmou o lançamento do livro para agosto. 

Ao ser lançado nesta terça-feira (4), os fãs da saga se mostraram ansiosos para colocar as mãos no livro de 770 páginas.

Questionada pelo The New York Times sobre o porquê da decisão de publicar o livro somente agora, a autora respondeu “Porque eu terminei”.

Segundo Meyer, “O motivo do livro não ter sido publicado anteriormente foi porque não o havia terminado. Quando vi a luz no fim do túnel, ou seja, quando percebi que seria capaz de terminá-lo, iniciei o processo de publicação imediatamente.  Acima de tudo, porque eu sabia que haviam pessoas que estavam esperando pacientemente por esse lançamento há muito tempo”.

A autora também acrescentou que a pandemia do coronavírus pesou em sua decisão. “Tornou-se  rapidamente óbvio para mim que não haveria um fim real do Covid-19 à vista”, disse ela ao Times. “Eu fico realmente empolgada quando tenho um livro para ler agora, e não há nada mais interessante que isso neste momento da quarentena. Então, eu espero que as pessoas se sintam animadas da mesma forma que eu”, argumentou.

Informar Erro
Fonte E! CNN

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes