Mesmo infectado, Trump sai do hospital e retira máscara

Donald Trump sai do hospital e retira a máscara na varanda da Casa Branca. Presidente continuará tratamento do coronavírus em casa.

Donald Trump sai do hospital e retorna à Casa Branca para continuar seu tratamento do coronavírus após uma internação de três dias.

O presidente dos EUA, que ainda pode transmitir o vírus, removeu sua máscara na varanda da Casa Branca enquanto posava para fotos.

De acordo com seu médico, ele continuará o tratamento em casa, mas “​​não está totalmente fora de perigo”.

Além disso, vários funcionários e assessores de Trump também testaram positivo para o vírus nos últimos dias.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Contudo, ainda há dúvidas sobre a gravidade da doença de Trump, após um fim de semana de declarações conflitantes.

Os EUA continuam sendo o país mais atingido pela covid-19, com 210.000 mortes e 7,4 milhões de casos.

O diagnóstico de Trump alterou sua campanha para um segundo mandato, menos de um mês antes de o presidente republicano enfrentar o democrata Joe Biden nas eleições presidenciais.

 

Trump sai do hospital

Vestindo terno azul-marinho, gravata e máscara, Trump saiu do Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, nos subúrbios de Washington DC, na noite de segunda-feira (05) com o punho fechado.

Depois de uma curta viagem de helicóptero, o presidente foi fotografado sozinho na varanda Truman da Casa Branca. Ele removeu sua máscara protetora, antes de fazer um sinal de positivo e uma saudação de estilo militar.

Algumas horas depois, ele twittou um clipe em estilo de campanha de seu retorno com uma música emocionante.

Trump também gravou uma mensagem de vídeo, pedindo aos americanos que voltem ao trabalho.

“Vocês vão vencê-lo [coronavírus]”, disse ele, acrescentando: “Vamos estar na frente. Como seu líder, eu tinha que fazer isso. Eu sabia que havia perigo, mas tinha que fazer. Eu fiquei na frente e liderei”.

Além disso, ele também especulou: “Agora estou melhor, talvez esteja imune, não sei”.

A Organização Mundial da Saúde diz que é muito cedo para saber se as pessoas que se recuperaram da covid-19 estão protegidas de uma segunda infecção e, em caso afirmativo, quanto tempo essa proteção pode durar. A própria equipe médica do presidente ainda não o considera totalmente recuperado.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes