Donald Trump com coronavírus: presidente dos EUA testa positivo

O presidente dos Estados Unidos confirmou no Twitter que ele e a primeira-dama testaram positivo para o covid-19 e estão em quarentena.

Donald Trump com coronavírus: presidente testou positivo e confirmou a notícia em seu Twitter. Além disso, a primeira-dama, Melania Trump, também contraiu o vírus. 

“Vamos começar nosso processo de quarentena e recuperação imediatamente. Vamos passar por isso JUNTOS!”, escreveu ele.

O anúncio de Trump ocorre pouco mais de um mês antes das eleições presidenciais de 3 de novembro, quando ele enfrentará o adversário democrata Joe Biden.

A princípio,  intui-se que Trump tenha se contaminado após Hope Hicks, uma de suas assessoras mais próximas, testar positivo para o vírus.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ela viajou com Trump para o primeiro debate presidencial na TV com Biden em Ohio na terça-feira.  Da mesma forma, alguns dos membros da família do Trump que participaram do debate foram vistos sem  máscaras.

 

Donald Trump com coronavírus
Imagem: Reprodução / Twitter

Donald Trump com coronavírus

O médico de Trump, Dr. Sean Conley, divulgou um comunicado na noite de quinta-feira (01), dizendo que o presidente e a primeira-dama estavam “ambos bem neste momento e planejam permanecer na Casa Branca durante a convalescença”.

“Fiquem tranquilos, espero que o presidente continue desempenhando suas funções sem interrupções durante a recuperação. Além disso, vou mantê-los atualizados sobre quaisquer desenvolvimentos futuros”, disse o comunicado.

Contudo, o médico não forneceu mais detalhes.

De acordo com o exame físico mais recente de Trump no início deste ano, ele pesava 110,7 kg. Isso é considerado obeso por sua altura de 1,90 m.

Mas o Dr. Conley afirmou na época que o presidente “continua saudável”. Bem como Trump também terá o melhor atendimento médico disponível.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças da América diz que uma pessoa deve se isolar por 10 dias após um teste positivo.

 

Eleições americanas

O diagnóstico de Trump agora põe em questão o resto da campanha, incluindo os próximos dois debates presidenciais.

O próximo debate está agendado para 15 de outubro em Miami.

Dois dias antes do teste positivo, durante o primeiro debate, Trump menosprezou seu adversário democrata Joe Biden por usar máscara com frequência.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes