Coronavírus: vacina mostrou reposta imunológica rápida, mostra estudo

De acordo com os pesquisadores,  vacina chinesa mostrou reposta imunológica rápida durante testes com cerca de 700 pessoas.

De acordo com os pesquisadores, vacina mostrou reposta imunológica rápida em testes intermediários. Existem várias vacinas sendo desenvolvidas na China, algumas das quais já estão sendo administradas. De acordo com os pesquisadores, a vacina Sinovac Biotech mostrou ser eficiente durante testes com cerca de 700 pessoas.

Assim, o anúncio foi feito depois que as vacinas europeias e americanas relataram dados bem-sucedidos de grandes testes em estágio final.

Três vacinas, desenvolvidas nos EUA, Alemanha e Rússia, divulgaram dados sugerindo eficiência de mais de 90%, após testes com dezenas de milhares de pessoas.

 

Vacina chinesa mostrou reposta imunológica
Imagem: Reprodução / Pexels

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Vacina mostrou reposta imunológica rápida

Como o resto do mundo, a China está correndo para desenvolver uma vacina da covid, e quatro entraram na terceira e última fase de testes clínicos, incluindo a criada pela Sinovac Biotech.

Contudo, os resultados publicados na revista científica The Lancet são apenas da primeira e segunda fases do ensaio de uma daquelas quatro vacinas.

De acordo com o relatório, o CoronaVac da Sinovac Biotech desencadeou uma resposta imunológica rápida. Mas, o estudo conduzido em abril e maio deste ano não tenha dado uma porcentagem da taxa de sucesso da vacina.

Zhu Fengcai, um dos autores do estudo, disse que os resultados – que contou com 144 participantes na fase 1 e 600 na fase 2 – mostraram que o uso da vacina pode ser feito em caso de emergência.

Contudo, nenhum dado dos estudos de fase 3 em grande escala em andamento teve uma publicação feita ainda.

Os testes da vacina Sinovac Biotech no Brasil estiveram em uma breve interrupção na última semana, mas voltaram depois da comprovação que a morte de um voluntário não tinha nenhuma ligação com a vacina.

A China já ofereceu pelo menos três vacinas para trabalhadores essenciais como parte de um programa de emergência, bem como para seus militares.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes