Vacina da Moderna tem mais de 94% de eficácia contra a covid-19

De acordo com a Moderna, as primeiras análises de seu ensaio de Fase 3 mostram que sua vacina é 94,5% eficaz contra a covid-19.

A vacina da Moderna, uma das candidatas para vacina de covid-19, mostrou ter alta eficácia contra o coronavírus.

De acordo com a Moderna, as primeiras análises de seu ensaio de Fase 3 mostram que sua vacina  de covid-19 é 94,5% eficaz na prevenção da doença. Assim, isso oferece uma esperança de um segundo avanço em algumas semanas.

A notícia chega uma semana depois que a gigante farmacêutica Pfizer disse que uma análise inicial mostrou que sua vacina candidata era mais de 90% eficaz.

A análise provisória da Moderna teve como base  95 infecções entre os participantes do ensaio, que receberam um placebo ou a vacina. Destes, apenas cinco infecções ocorreram nos que receberam a vacina.

Além disso, ela parece ter evitado resultados mais sérios da covid-19. Onze casos de doença grave foram relatados naqueles que receberam o placebo. Porém, nenhuma doença grave foi relatada naqueles que receberam a vacina.

 

Vacina da moderna
Imagem: reprodução / pixabay

Vacina da Moderna

A empresa também disse que sua vacina não requer armazenamento em ultra congelamento, ao contrário da vacina da Pfizer que exige um armazenamento em temperaturas de -94 graus Fahrenheit ou menos. Assim, isso alivia as preocupações sobre como distribuir vacinas de forma eficiente para bilhões de pessoas em todo o mundo.

“Os resultados deste ensaio são verdadeiramente impressionantes”, disse o Dr. Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas nos EUA.

Fauci acrescentou que a vacina parece ser igualmente eficaz entre uma variedade de participantes. O estudo de fase 3 envolveu mais de 30.000 participantes nos EUA, incluindo pessoas com mais de 65 anos com condições de alto risco.

A professora Trudie Lang, diretora da Rede Global de Saúde da Universidade de Oxford, chamou o anúncio da Moderna de “notícias muito boas, de fato”.

“Esses primeiros resultados sugerem que havia uma representação em diferentes grupos etários e diversas comunidades no grupo protegido”, disse ela em um comunicado. “Isso é realmente encorajador e demonstra ainda mais que uma vacina para a covid é uma probabilidade real. E, ter mais de um fornecedor deve ajudar a garantir uma disponibilidade global melhor e mais justa”.

Fonte NBC
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.