Onda de calor prossegue e há alerta para risco de morte pelo Brasil

Alerta emitido pelo órgão federal vale para diversos estados do Centro-Oeste e Sudeste do País. Conheça os riscos da onda de calor para o corpo humano

Várias cidades brasileiras receberam o alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) sobre o “grande perigo” que traz a forte onda de calor. O foco da situação está na maior parte do Centro-Oeste, Tocantins e trechos do Sudeste do Brasil.

O que isso significa?

Segundo o órgão, nos próximos dias – sobretudo até sexta-feira, dia 9 – essas localidades registrarão temperaturas em média 5ºC maiores que o habitual para a estação.

O mais preocupante, de acordo com o Inmet, é que a onda de calor traz risco de morte por hipertermia, isto é, um colapso do corpo pela alta temperatura.

Em caso de emergência, o Instituto reforça e recomenda que a população entre em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199. O órgão deve ser acionado, principalmente, em caso de registros de incêndios e outras catástrofes.

Segundo o Inmet, as regiões que registrarão onda de calor de 5ºC acima da média, por mais de cinco dias consecutivos, são:

Distrito Federal

Goiás

  • Centro Goiano
  • Leste Goiano
  • Sul Goiano
  • Norte Goiano
  • Noroeste Goiano

Mato Grosso

  • Centrossul Mato-Grossense
  • Nordeste Mato-Grossense
  • Norte Mato-Grossense
  • Sudeste Mato-Grossense
  • Sudoeste Mato-Grossense

Mato Grosso do Sul

  • Sul e Sudoeste Sul-Mato-Grossense
  • Pantanal Sul-Mato-Grossense
  • Centro Norte Sul-Mato-Grossense
  • Leste Sul-Mato-Grossense

Minas Gerais

  • Triangulo Mineiro
  • Alto Paranaiba

São Paulo

  • Campinas Bauru/Araraquara/Piracicaba
  • Ribeirão Preto
  • Araçatuba/São José Do Rio Preto
  • Presidente Prudente/Marília/Assis

Tocantins

  • Sudeste Tocantinense
  • Sul Tocantinense
  • Oeste Tocantinense

Como se proteger?

A saúde deve ser levada a sério também durante a onda de calor. Com as altas temperaturas, a desidratação pode acontecer de maneira mais rápida.

Vale lembrar que muita sede, olhar de fadiga, dor de cabeça, diarreia e vômitos são alguns dos sintomas que indicam a desidratação.

Antes de procurar socorro médico, não se esqueça da receita do soro caseiro: ferva um pouco de água ou utilize água filtrada, acrescente uma dose rasa de colher de chá de sal e uma dose rasa de colher de sopa de açúcar.

Apesar do alerta para risco de morte por hipertermia, o Inmet acrescenta que, no Brasil, não é comum registro desses casos associados a onda de calor.

Dicas importantes

  • aumente a ingestão de líquidos (o recomendável é cerca de dois litros ao dia);
  • prefira alimentos leves (aqueles com mais concentração de água também ajudam, como o pepino e o tomate, além de frutas como a melancia, melão, laranja, abacaxi, maçã e banana);
  • evite a prática de atividades físicas ao ar livre entre as 10h e 17h;
  • não esqueça do protetor solar;
  • use óculos de sol com proteção adequada;
  • prefira roupas leves.
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.