Saída da Sony do Brasil: quais produtos não serão vendidos?

Até o final do mês de março, a fabricante internacional Sony vai deixar de vender alguns produtos no Brasil. Isso porque a companhia vai encerrar as atividades comerciais aqui no país. Apesar de a notícia não ser nova, a empresa anunciou a sua partida em setembro de 2020, consumidores e fãs da marca de tecnologia querem saber: quais produtos continuarão sendo vendidos?

Para responder essa pergunta, a Sony divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira, 1º de março, em que explica e detalha quais produtos continuarão atendendo os consumidores brasileiros. A venda dos videogames Playstation 4 e Playstation 5, por exemplo, irão continuar normalmente. Confira todos abaixo:

PlayStation 5 baixa de preço no Brasil. (Foto: Sony Divulgação)

Serviços e produtos que vão continuar atuando no Brasil:

- PUBLICIDADE -

  • Playstation (4 e 5)
  • Sony Pictures
  • Sony Music

O que vai deixar de ser vendido:

  • TVs
  • Câmeras fotográficas
  • Sons e equipamentos de áudio
  • Fones de ouvido

Assistência técnica da Sony no Brasil

A empresa garantiu que os consumidores brasileiros que possuem produtos da Sony não vão ficar desamparados. Em nota oficial, a companhia afirmou que os serviços pós-venda e a assistência técnica vão continuar “intactos” para os clientes. “Pelo tempo necessário, estando em conformidade com os regulamentos e requisitos locais de proteção aos consumidores”, informou a Sony.

Por que a Sony saiu do Brasil?

Após 48 anos no Brasil, a empresa de eletrônicos, Sony, anunciou a sua saída do país em setembro de 2020. A multinacional japonesa tinha uma fábrica em Manaus, no Amazonas, com 220 funcionários, segundo informações do portal G1. As atividades da fábrica aconteceriam até março de 2021.

Em 2019, a Sony deu um sinal que estava mudando seu foco, quando deixou de vender celular no Brasil, em uma decisão que incluía toda a América do Sul, América Central e Oriente Médio. Na época, a empresa afirmou que a medida aconteceu devido a queda nas vendas de seus smartphones ao redor do mundo.

- PUBLICIDADE -

Já a explicação sobre o encerramento de suas atividades no Brasil, a Sony se limitou a dizer que a decisão foi tomada “considerando o ambiente recente de mercado e a tendência esperada para os negócios.”

Quem comprou a fábrica em Manaus?

A nacional Mondial, que fabrica e vende produtos eletrodomésticos portáteis, comprou a fábrica da Sony. O anúncio foi feito em dezembro de 2020 , após a Sony anunciar a saída no Brasil. Localizada na zona franca de Manaus, capital do Amazonas, o terreno conta com 27 mil metros quadrados. Os valores do negócio não foram divulgados pela Mondial.

A fabricante de eletrodomésticos, por sua vez, garantiu que pretende aumentar a sua produção e investir em outros segmentos, como, por exemplo, o mercado de televisores. Atualmente a Mondial tem uma fatia de 36% do mercado de batedeiras e liquidificadores, entre outros eletroportáteis, com expectativa de fechar 2020 com quase R$ 3 bilhões de faturamento.

Comentários (0)
Comentar