Larry Page: conheça a ascensão da carreira e a vida do cofundador do Google

Larry Page fundou o Google em 1998 e revolucionou o uso da Internet. Certamente, além do conhecimento técnico para a criação de buscas, o americano de Michigan também é um dos maiores empresários vivos, pois soube fazer seu negócio crescer até se tornar uma das marcas mais valiosas do mundo.

Larry Page fundou o Google em 1998 e revolucionou o uso da Internet. Certamente, além do conhecimento técnico para a criação de buscas, o americano de Michigan também é um dos maiores empresários vivos, pois soube fazer seu negócio crescer até se tornar uma das marcas mais valiosas do mundo.

Atualmente, Page é o 13º homem mais rico do mundo. Conheça a história de Page, da fundação do Google e de seu sucesso pelos principais pontos abaixo:

Quem é o criador do Google?

Larry Page na adolescência
Larry Page na adolescência. Fonte: Acervo Pessoal

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Larry Page nasceu em Michigan no ano de 1973. Seu pai, Carl Victor Page Sr. foi uma das principais inspirações do criador do Google quando criança. Page Sr. era um doutor em Ciência da Computação, por isso Larry sempre teve contato com máquinas desde sua infância. “Desde que eu era muito novo, já tinha a ideia de que gostaria de inventar coisas”, afirma Larry Page, que desde os seis anos já sabia utilizar os computadores em sua casa. A facilidade do criador do Google com a computação inclusive fez com que ele fosse um dos primeiros alunos de seu colégio a entregar um trabalho por meio de um processador de texto (uma espécie rudimentar do Word).

Obviamente, a relação de Page com computadores o levou a cursar Engenharia da Computação na Universidade de Michigan. Após terminar a graduação, decidiu conquistar seu doutorado na área pela Universidade de Stanford. Essa escolha mudou sua vida para sempre.

Como Larry Page criou o Google?

Quando entrou no programa de doutorado de Stanford, Larry Page ficou interessado em estudar a estrutura da World Wide Web (www), a rede mundial de computadores que atua como espinha dorsal da Internet. Encorajado por Terry Winograd, seu supervisor na instituição, o americano escolheu o tema como sua tese de doutorado. Conforme Page, aquele foi o “melhor conselho” que recebeu na sua vida.

Outro fato importante para a fundação do Google foi a aproximação de Page e Sergey Brin, russo que estudava na instituição. Conforme o próprio Google, “ambos discordaram sobre quase tudo quando se encontraram pela primeira vez, mas, no ano seguinte, firmaram uma parceria”. Os dois trabalhavam em um dormitório estudando a www e explorando suas propriedades matemáticas.

Dentro desse espaço da faculdade, conseguiram criar o BackRub, um mecanismo de busca para facilitar o encontro de informações dentro da Internet e da World Wide Web. Mais tarde o nome do mecanismo foi alterado e chegou ao famoso nome: Google.

Desde o lançamento das plataforma do Google, diversos investidores do Vale do Silício e membros da comunidade acadêmica demonstraram interesse na ferramenta revolucionária. O real nascimento do Google como empresa aconteceu em agosto de 1998, quando o empresário Andy Bechtolsheim assinou um cheque de US$ 100.000 para Page e Brin.

Do primeiro cheque à uma das maiores empresas do mundo

Larry Page e Sergey Brin em uma das imagens tiradas no começo do Google. Fonte: Google
Larry Page e Sergey Brin em uma das imagens tiradas no começo do Google. Fonte: Google

A partir do primeiro investimento, a dupla criadora do Google conseguiu investir em um novo posto de trabalho e computadores velhos. Saíram do dormitório de Stanford para uma garagem de Susan Wojcicki (hoje, CEO do YouTube). Conforme página oficial sobre a fundação do Google, ”computadores velhos, uma mesa de pingue-pongue e um tapete azul brilhante compunham o cenário daqueles primeiros dias, noites e madrugadas. A tradição de manter tudo bem colorido continua até hoje”. Com certeza, essas origens humildes e coloridas da empresa refletiram na sua política bem-sucedida de criar um ambiente criativo para seus funcionários.

A empresa foi crescendo rapidamente ao longo dos próximos anos. Contratou muitos engenheiros para melhorias de sua plataforma e criação de novos produtos, mas também investiu em uma forte equipe de vendas. O crescimento vertiginoso da empresa resultou na criação do Googleplex, a sede da empresa com tamanho de mais de 190 mil metros quadrados. 

Desde sua fundação, o Google criou também produtos como Gmail, Youtube e o sistema operacional de celulares Android. A empresa possui mais de 60 mil funcionários em 50 países. Eventualmente, o crescimento de cada produto e a vontade de expandir para outras áreas fizeram com que Larry Page e Sergey Brin dessem mais um passo e criassem a empresa Alphabet Inc.

Assista a uma palestra com Larry Page:

O que é a Alphabet Inc?

A Alphabet Inc. foi a saída encontrada pelos criadores do Google para dividir e dar mais força para cada uma de seus empreitadas. Larry Page e Sergey Brin criaram a nova empresa para atuar como holding de subsidiárias como Google, Calico (saúde), Jigsaw (incubadora de tecnologias) etc. 

O impacto da fundação da Alphabet foi grande, pois tanto Larry quanto Sergey deixaram de ser CEOs do Google para chefiar a holding. Desde 2015, quando a empresa majoritária foi criada, o indiano Sundar Pichai comanda a Google Inc.

Alphabet é sobre negócios prosperando por meio de forte líderes e independência. Em geral, nosso modelo é ter um CEO forte que controle cada negócio, com Sergey e eu à disposição deles quando necessário”, explica Larry Page em carta sobre a fundação da holding.

Em dezembro de 2019, Brin e Page anunciaram que também deixariam o posto de CEOs da Alphabet para Sundar Pichai, que tem tocado o Google e a Alphabet com muito sucesso. Hoje, o Google é uma das 5 marcas mais valiosas do mundo. Mas qual o impacto da saída de Larry Page do cargo de CEO?

E agora que Larry Page não é mais CEO de nada?

Embora não sejam mais CEO, Larry Page e Sergey Brin ainda têm muito poder sobre o Google e a Alphabet. Ambos continuam no conselho administrativo da holding e possuem a maioria das ações – dessa forma, mantendo controle sobre decisões grandes das empresas.

Fora a participação na empresa, Larry possui também um patrimônio de US$ 75,2 bilhões à sua disposição. Certamente, sua vida está feita.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes