Aromaterapia: conheça o poder dos óleos essenciais naturais

Aromaterapia, ou terapia com óleo essencial, refere-se a uma variedade de terapias tradicionais, alternativas ou complementares que usam óleos naturais

Estresse, insônia, somatizações: cada vez mais pessoas vão em busca da aromaterapia como tratamento alternativo ou complementar para diversas questões de saúde. Mas os óleos essenciais são realmente eficazes? A astróloga Patrícia Caetano da Costa nos conta mais.

O que é aromaterapia?

Aromaterapia é uma prática milenar que utiliza os óleos essenciais extraídos de plantas aromáticas. Os óleos essenciais são substância 100% naturais responsáveis pelo aroma das plantas.

A aromaterapia é, portanto, uma forma alternativa de terapia holística que usa óleos essenciais para ajudar a melhorar e equilibrar você emocional e fisicamente, além de ajudar a dedicar um tempo para si mesmo, para estar atento e se reconectar, mesmo por um momento. Os aromas experimentados através da aromaterapia e óleos essenciais têm um efeito dinâmico na mente e no corpo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O efeito é experimentado através do olfato, que está ligado às partes mais profundas do cérebro, governadas por seus instintos, pensamentos e emoções básicos. No nível físico, os óleos essenciais ajudam a aliviar dores e dores musculares, melhoram a circulação, aliviam a congestão sinusal e agem como um forte antioxidante.

Origem

Os extratos de plantas são utilizados há milhares de anos por seus aromas requintados e poderes naturais de cura. Rico em atividade botânica e antioxidantes, os óleos vegetais estimulam a pele radiante e saudável, trabalhando em nível celular para manter a tez macia e com aparência jovem. Por outro lado, ao aproveitar suas propriedades terapêuticas, a aromaterapia trabalha para melhorar nosso bem-estar físico, mental e emocional.

A princípio, o termo “aromaterapia” foi cunhado pelo perfumista e químico francês René-Maurice Gattefossé em um livro que ele escreveu sobre o tópico publicado em 1937. Ele já havia descoberto o potencial de cura da lavanda no tratamento de queimaduras. O livro discute o uso de óleos essenciais no tratamento de condições médicas.

Como funciona a aromaterapia?

De acordo com Patrícia, a aromaterapia funciona através da inalação ou da absorção na pele, chegam até a corrente sanguínea, desencadeando respostas terapêuticas anti-inflamatória, hipo e hipertensos, cicatrizante, relaxante muscular, analgésica, etc.

aromaterapia

 

Como usar os óleos essenciais naturais?

Encontre um momento para criar o ambiente terapêutico perfeito com um óleo de banho e chuveiro e desfrute de um momento de atenção plena para encontrar equilíbrio. Além disso, experimente o ritual completo com outros produtos de aromaterapia, como velas ou óleos essenciais puros em um queimador, para criar o ambiente perfeito.

Você também pode usar óleos essenciais em:

  • difusores
  • spritzers aromáticos
  • inaladores
  • sais de banho
  • óleos corporais, cremes ou loções para massagem ou aplicação tópica
    vapores faciais
  • compressas quentes e frias
  • máscaras de argila

Colar de aromaterapia

Segundo Patrícia, essa é uma das maneiras de usar o óleo essencial ao longo do dia. “Coloca-se um algodão dentro do orifício e pinga 2 a 3 gotinhas do óleo essencial. Eu adoro essa forma porque ele “ritualiza o processo” – por exemplo, eu trabalho muito a mentalização durante o uso do óleo, principalmente se a pessoa usa para fins emocionais – e uso desse ritual para ensinar a pessoa a se reconectar”, informa.

Benefícios da aromaterapia

São diversos os benefícios para saúde física e mental, além de atuar como preventivo. Portanto, ele é usado para:

  • Controlar a dor
  • Melhorar a qualidade do sono
  • Reduzir o estresse, agitação e ansiedade
  • Aliviar as articulações doloridas
  • Tratar dores de cabeça e enxaquecas
  • Aliviar desconfortos do trabalho
  • Combater bactérias, vírus ou fungos
  • Melhorar a digestão
  • Cuidados paliativos e paliativos
  • Aumentar a imunidade

Como usar no autocuidado?

aromaterapia

Ela esclarece que, o óleo pode ser usado no autocuidado para promover bem estar, cuidar da saúde e também da beleza.

“Eu vejo a aromaterapia como uma ferramenta chave para trabalhar a autopercepção através do reconhecimento das emoções. Isso acontece porque os aromas reconhecidos como agradáveis pelo nosso cérebro tem a capacidade de equilibrar o nosso sistema nervoso, e que uma vez equilibrado, temos condições de fazer melhores escolhas para a nossa saúde”, diz Patrícia.

Como escolher o óleo essencial natural?

aromaterapia

“Quando uma pessoa me pergunta por qual óleo começar, eu sempre oriento que ela se pergunte “o porquê” ela quer começar, uma forma de se autoavaliar e auto-responsabilizar por cuidar da própria saúde. Portanto, a consequência disso é que quando a pessoa percebe os resultados obtidos através dos óleos essenciais, fortalece também o poder de decisão e intuição, logo, a autonomia por cuidar da própria saúde”, explica a astróloga.

Por fim, seja qual for a escolha, é recomendado observar se existe contra indicação do produto. Apenas especialistas podem indicar o melhor óleo para você.

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes