Conheça Santa Cecília e saiba porque é o bairro queridinho pelos hipsters

A região central de São Paulo é uma das mais interessantes, pois consegue consegue mostrar a arquitetura antiga da cidade e novas tendências culturais da população paulistana. Um dos bairros principais bairros localizados nessa região é o da Santa Cecília. Embora enfrente alguns problemas urbanísticos, a região vem passando por transformações que podem ser positivas para a área.

A região central de São Paulo é uma das mais interessantes, pois consegue consegue mostrar a arquitetura antiga da cidade e novas tendências culturais da população paulistana. Um dos bairros principais bairros localizados nessa região é o da Santa Cecília. Embora enfrente alguns problemas urbanísticos, a região vem passando por transformações que podem ser positivas para a área.

Conheça abaixo mais sobre a Santa Cecília:

A história do local

A fundação oficial do bairro de Santa Cecília foi no ano de 1860, quando moradores da região central de São Paulo pediram licença à prefeitura para construir um templo em homenagem à Santa Cecília, conhecida como padroeira dos músicos. Após sua inauguração um ano depois, o loteamento da região começou a crescer e diversas famílias começaram a instalar-se no local.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Seu principal boom ocorreu entre as décadas de 1930 e 1950, quando diversos edifícios e sobrados históricos começaram a ser construídos. Santa Cecília foi um dos bairros mais escolhidos por imigrantes italianos, portugueses e espanhóis. Como resultado dessa mistura, o bairro até hoje é impactado por uma realidade multicultural.

A localização do bairro de Santa Cecília

Mapa do bairro de Santa Cecília. Fonte: Google Maps

O bairro de Santa Cecília está localizado no Centro da cidade de São Paulo. O trânsito no local nem sempre é dos melhores, mas seus moradores possuem fácil acesso às avenidas Pacaembu, Angélica e Higienópolis. Certamente outro marco da região é o Elevado Presidente João Goulart, ou Minhocão. O elevado é uma importante via para o deslocamento daquela região, mas gerou uma série de insatisfações aos moradores da região – a demolição do Minhocão é defendida por eles.

A Santa Cecília permite fácil acesso à estação Marechal Deodoro (linha vermelha do Metrô de São Paulo), uma ótima opção para quem opta pelo transporte público. O bairro é ideal também para estudantes que desejam estar próximos de faculdades como Mackenzie, FAAP, PUC   e outras.

Qual o custo para viver lá?

Em média, um apartamento com 2 dormitórios custa cerca de R$ 6.812 por m². Por conta com a proximidade do bairro nobre de Higienópolis, alguns moradores se queixam online do preço dos comércios, mas a Santa Cecília possui diversas opções de comércio local para todos os tipos de bolso.

Como é morar neste bairro? O que fazer em Santa Cecília?

Embora ainda tenha alguns graves problemas, o bairro de Santa Cecília está vivendo o começo de uma revitalização. Fonte: Portal Santa Cecília e Barra Funda

A experiência dos moradores da Santa Cecília varia, pois o próprio bairro é muito diferente entre suas partes próximas de Higienópolis e seu trecho ao lado do Minhocão. Geralmente, quem mora perto de Higienópolis elogia a organização da região e sua grande quantidade de comércios como o Shopping Pátio Higienópolis e alguns cafés. Já para os moradores próximos do Minhocão, a segurança de poder andar a pé é um dos quesitos que mais preocupa. Além disso, a região próxima do elevado possui um aspecto mais degradado.

Contudo a região tem passado por uma renovação por conta de seu moradores, geralmente jovens e mais descolados. Outro ponto que pode ajudar na revitalização da área é o debate sobre o futuro do Minhocão – dividido entre demolição, transformação em parque ou desativação parcial. 

Os “Santa Ceciliers”, como foram apelidados os novos moradores,  trouxeram ao bairro  novos bares e restaurantes coloridos, com influência de uma cultura mais globalizada e muita MPB. Inclusive, dois dos principais restaurantes ou bares da região possuem a música como um forte. Um deles é o Conceição Discos, um lugar interessante que mistura a venda de LP’s com um restaurante responsável por pratos coloridos e recheados de sabor. O outro é o Caracol Bar, um espaço industrial com deliciosos drinks e DJ’s convidados que comandam um sistema de som analógico. Certamente estes estabelecimentos mostram a nova cara do bairro e fazem jus ao nome da padroeira dos músicos.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes