Covid-19 em SP: comércio volta a funcionar em todo o Estado

2° temporada da Fase Vermelha será nos dias 1°, 2 e 3 de janeiro e foi criada para conter Covid-19 em SP; até lá, comércio volta a funcionar

A partir desta segunda-feira (28), o estado de São Paulo voltará a fase amarela da quarentena do novo coronavírus. É que, durante os dias 25, 26 e 27 de dezembro, o governo do Estado estipulou a fase vermelha – medida adotada para tentar conter a disseminação da Covid-19 em SP.

Apenas serviços considerados essenciais puderam abrir nestes dias e todo o comércio paulista teve de fechar as portas, porém, até o próximo dia 31 de dezembro, eles voltam a funcionar normalmente, obviamente, com as restrições básicas de biossegurança.

Covid-19 em SP – Fase Vermelha

Criada para barrar o contágio da Covid-19 em SP,  a fase vermelha do Plano SP para este fim de ano em todo o Estado de São Paulo será de dois períodos:

  • Depois do Natal: dias 25, 26 e 27 de dezembro de 2020
  • Depois do Ano Novo: dias 01, 02 e 03 de janeiro de 2021

Segundo o governo de SP, tal medida se deu por conta do aumento de casos de infectados e óbitos por Covid-19 em SP.  

Nos principais de comércios da grande SP, como a Rua 25 de Março e a região do Brás, houve aglomerações em massa nos finais de semana que antecederam o Natal.

Durante a fase vermelha, padarias e restaurantes funcionaram apenas no sistema delivery e não puderam servir refeições presencialmente. Já na fase amarela, que é a que começa hoje, há mais flexibilização e fica permitido a reabertura de outros tipos de comércios como: parques, clubes sociais, restaurantes, bares e salões de beleza.

Covid-19 em sp: comércio volta a funcionar em todo o estado
Fase vermelha do plano sp é a que mais tem restrições de combate à covid-19 em sp.

Serviços considerados essenciais que podem ser abertos na Fase Vermelha

  • Farmácias
  • Mercados
  • Padarias
  • Postos de Combustíveis
  • Lavanderias
  • Meios de Transporte Coletivo: ônibus, trens e Metrôs
  • Serviços de hotelarias

Serviços que devem ser fechados na Fase Vermelha

  • Comércio em geral
  • Shoppings
  • Lojas
  • Concessionárias
  • Escritórios
  • Academias
  • Bares, Restaurantes e lanchonetes (só podem delivery)
  • Salões de Beleza
  • Estabelecimentos Culturais: cinemas, teatros e galerias de arte

O governo de São Paulo anunciou também que, por enquanto, nenhuma região vai para Fase Verde (considerada a menos restritiva) no primeiro mês de 2021.

Você pode gostar também