Rua 25 de Março e Brás ficam superlotados na véspera de natal em SP

Região da Rua 25 de Março e Brás ficam superlotados; Nem a pandemia da Covid-19 afastou as pessoas de se aglomerarem para as compras de Natal neste 2020

Uma mar de gente. Era essa a visão das principais ruas do comércio de São Paulo, mais respectivamente na Rua 25 de Março e Brás,  na semana que antecede o Natal. Nesta quarta-feira (23), o relógio marcava 7h em ponto e já havia aglomeração na região central da capital paulista.

Superlotação na Rua 25 de Março e Brás

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, a situação é impossível de ser controlada, uma vez que trata-se de milhares de pessoas ao mesmo tempo buscando o melhor presente para a festividade. A aglomeração na rua 25 de março e Brás é certeira e a fiscalização não dá conta de controlar.

Nem o forte calor do último fim de semana antes do Natal, fez com que os consumidores deixassem de ir às compras de natal na região da Rua 25 de março e Brás, em São Paulo. O que se pode observar, em casos de superlotação no principal comércio de SP é que muita gente circula com a máscara no queixo ou sem ela, agravando o risco de contaminação ou disseminação do novo coronavírus.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Compras de Natal superlotam 25 de Março e Brás em SP
Relógio marcava às 7h desta quarta-feira (23) e estacionamento de ônibus ja era grande, na região do Brás (Foto: Reprodução/TV Globo)

Foi possível ver também, um alto número de ônibus estacionados na região do Brás, que mostra a intensidade de pessoas que vem até São Paulo, comprar por atacado.

Corrida para Compras de Natal

As compras de natal estão sendo impulsionadas pelo pagamento do auxílio emergencial do governo, além do 13º salário. A Associação Comercial de São Paulo estima que as vendas neste fim de ano, tanto na Rua 25 de março e Brás, devem ser melhores do que as do Natal de 2019, antes da pandemia

Nos primeiros 15 dias deste mês, as vendas subiram 41,2% em relação à primeira quinzena de maio.

Na última sexta-feira (18), o estado de São Paulo registrou o menor índice de isolamento desde 16 de outubro passado, quando a contaminação pelo coronavírus estava ainda em baixa.

Fase Vermelha em SP

Na tentativa de conter o avanço do novo coronavírus, foi anunciado nesta terça-feira (22) pelo governo do Estado de SP, novas medidas restritivas para o fim de ano que condizem que São Paulo entra na fase vermelha durante o Natal e Ano novo.

Na fase vermelha em SP, é permitido apenas o funcionamento de serviços essenciais. Essa medida valerá do dia 25 a 27 de dezembro e de 1 a 3 de janeiro de 2021, ou seja, não comprometerá as compras de natal na Rua 25 de março e Brás nos dia 23 e 24 de dezembro na cidade de São Paulo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes