Moema: saiba como é morar no bairro que combina tranquilidade e expansão

Com suas ruas arborizadas, o bairro abriga lojas de rua que são o paraíso para quem ama compras, variedade incrível de restaurantes, barzinhos animados com cervejas e petiscos famosos e a casa de jazz famosa na cidade. E, para você não perder nada, montamos um guia completo: do café da manhã às últimas horas do dia.

Localizado na Zona Sul de São Paulo, bem perto do aeroporto de Congonhas, Moema é um dos bairros de São Paulo que mais se transformou e se verticalizou em um curto espaço de tempo, com frequentes lançamentos de luxuosos edifícios residenciais.

Com suas ruas arborizadas, o bairro abriga lojas de rua que são o paraíso para quem ama compras, variedade incrível de restaurantes, barzinhos animados com cervejas e petiscos famosos e a casa de jazz famosa na cidade.

E, devido à exigente vizinhança, o bairro virou um ímã para lojas, restaurantes e empreendimentos de alto padrão. Mas, apesar do consumo ser a marca registrada do bairro, existem poucas mas ótimas opções culturais, como o vizinho Parque do Ibirapuera e a icônica casa de jazz Bourbon Street. Para você curtir um dia como um moemer – forma como os moradores do bairro se chamam – preparamos um guia bem paulistano com a cara do bairro, para você desfrutá-lo do café da manha às últimas horas do dia.

Começando bem o dia

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Foto: divulgação

As padarias de São Paulo são um capítulo importante da cidade. E em Moema não é diferente: desde um tradicional pão na chapa com um pingado a uma proposta mais sofisticada e contemporânea, o bairro tem opções para todos os gostos.

Se você quiser optar por um pão na chapa sem frescura e bem paulistano, siga para a Dengosa Moema. Esta é uma padaria reconhecida durante muito tempo como uma das mais tradicionais do bairro e que tem um pão francês famoso. Rua Canário, 669.

Agora, se você prefere um local mais sofisticado, vá ao Empório Moema. E como o próprio nome diz, está mais um empório do que uma padaria, com todos os tipos de guloseimas tão típicas e irresistíveis das padarias luxuosas, além de lanches e pratos; famosa pelo festival de sopas nas noites de frio. Av. Moema, 493.

Parque do Ibirapuera

 

Foto: divulgação

Depois do café da manhã, que tal dar um passeio no Parque do Ibirapuera? Local icônico de São Paulo, o parque fica bem pertinho do bairro. Lá você encontra museus importantes da cidade de São Paulo como o Museu de Arte Moderna (MAM), Museu Afro Brasil e OCA, com exposições temporárias. No entanto se museu não é muito a sua praia, não se preocupe: o parque abriga opções para todos os gostos: Planetário, herbário, Pavilhão Japonês ou, simplesmente, flanar apreciando a arquitetura de Oscar Niemeyer na OCA, auditório e marquise. Da para passar fácil um dia inteiro por lá descobrindo seus encantos. Parque do Ibirapuera – Av. República do Líbano, portões: 07, 08 e 09A.

Gastronomia, um capítulo a parte de SP

Muitos dos famosos restaurantes da cidade estão também em Moema. Como as churrascarias La Ventana Parrila, com menu a la carte e cortes argentinos (Rua Tuim, 61); ou a conhecida Fogo de Chão, com rodízio (Av. Moreira Guimarães, 964).

Em se tratando de cozinha árabe, vá ao famoso Farahabud (Alameda dos Anapurus, 1253). Mas se você realmente prefere um italiano, aproveite as cantinas Don Pepe di Napoli (Alameda dos Arapanés, 955 ou Av. Macuco, 715) e Speranza, que também é pizzaria (Av. Sabiá, 786).

Foto: divulgação

Ou que tal conhecer um sabor bem tradicional do bairro de Moema? A Galeteria Assados é umas das mais tradicionais casas de assados, famosa para além do bairro. (Av. Cotovia, 345/357)

Onde comprar em Moema?

 

O comércio de rua é forte no bairro, principalmente no lado das ruas com nome de pássaros. Para compras, você estará muito bem servido em duas ruas: Avenida Bem-te-vi e Rua Gaivota e arredores têm muitas lojas focadas em artigos de luxo e  moda praia, como queridinha Pajaris, e também boa variedade de outlets para fazer a festa.

 

Pausa para um lanchinho natural ou boa leitura

interior de livraria calma com prateleiras de livros ao fundo e poltrona confortável à frente
Foto: divulgação

Na avenida Hélio Pellegrino, região de confluência entre Moema e o luxuoso bairro Vila Nova Conceição, estão localizadas três ótimas escolhas para comidas saudáveis e frescas, água de coco, açaí, sanduíches naturais e até um cervejinha no final do dia: Frutaria SP (Av. Hélio Pellegrino, 100), Pé no Parque (Rua Inhambu, 240) e Empório Frutaria (Av. Hélio Pellegrino, 198).

Agora, se você prefere um café em um lugar mais tranquilo, siga para a Livraria da Vila. Fundada no bairro Vila Madalena, atualmente possui oito lojas espalhadas pela cidade. Uma delas no bairro de Moema. Ótima opção para encontrar os melhores e mais importantes títulos e editoras. (Avenida Moema, 493)

Rua Normandia, em Moema 

Rua Normandia em Moema decorada com luzinhas de natal
Foto: Estadão/Alexandre Diniz

Um rua curtinha mas cheia de charme, com arquitetura europeia que abriga dezenas lojas de presentes, decoração e moda embaixo de suas frondosas árvores. Ah! Se você estiver passeando no período das festas, não deixe mesmo de dar uma esticada até lá. Durante a época de Natal, ela fica toda temática, contando até com neve artificial. A criançada adora!

Para fechar a noite em grande estilo, hotspot do jazz

palco da famosa casa de jazz e blues Bourbon Street em Moema
Foto: Mario Rodrigues

Em Moema está localizada uma das maiores casas de jazz de São Paulo – o que, aqui entre nós, não é pouca coisa: o Bourbon Street. Com estilo arquitetônico inspirado na cidade de Louisiana, conhecida como berço do jazz e blues, possui características e decorações típicas dos bares de Nova Orleans. Por lá já passaram, além do astro B.B. King, que inaugurou a casa em 1993, Nina Simone, Ray Charles, George Berson, entre outros. Com shows disputados, vale a pena fazer reserva e comprar a entrada antes para não se frustrar. Rua dos Chanés, 127.

Quanto custa morar em Moema?

Com m2 acima de R$10mil, Moema é classificada como zona A na região Sul da capital e está entre os bairros mais procurados da cidade de São Paulo. Um verdadeiro objeto de desejo dos paulistanos.

Em 2018, o distrito passou a ser atendido pelo Metrô de São Paulo com a expansão da Linha 5-Lilás, contando com as estações Eucaliptos, Moema e AACD-Servidor.

Onde fica o bairro?

Moema está situado na zona centro sul do município de São Paulo, no estado de São Paulo. Limita-se com os bairros de Vila Olímpia, Vila Nova Conceição, Vila Clementino, Jardim Lusitânia, Planalto Paulista, Campo Belo e Brooklin.

Pássaros e índios dividem ruas e prédios em Moema 

Moema tem uma curiosidade: as ruas do bairro são divididas entre nomes de pássaros e índios, mas isso tem explicação. Conforme apurou a Folha de São Paulo em 2017, a divisão surgiu com um dos fundadores do bairro, o engenheiro Fernando Arens Júnior, em 1915. Ele vendeu terras em Mongaguá (litoral sul de São Paulo), obtidas de índios da região, e comprou terrenos onde hoje está o bairro. Em reconhecimento, colocou nomes de diferentes povos em metade das ruas.

De um lado, as ruas têm nomes de povos indígenas (Nhambiquaras, Jurupis, Aratãs etc.). Passando a avenida Ibirapuera, que divide a região pela metade, as vias levam nomes de aves (Gaivota, Bem-Te-Vi e Inhambu, por exemplo). É a Moema “pássaros”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes