Prefeitura de São Paulo decide cancelar o Réveillon virtual

Este ano, o evento seria transmitido online, sem os tradicionais shows e queima de fogos na av. Paulista. Atrações desde o funk até o gospel estavam confirmadas.

Após o agravamento da pandemia da COVID-19, a prefeitura de São de Paulo decidiu cancelar o réveillon virtual 2021. Este ano, o evento seria transmitido online, sem os tradicionais shows e queima de fogos na av. Paulista. Mas também foi cancelado com o aumento de casos no estado. atrações como Maiara e Maraisa e MC Guimê já estavam confirmadas. Ano passado, a festa reuniu cerca de 2 milhões de pessoas.

Réveillon virtual cancelado

Réveillon virtual é cancelado
(Foto: Marcelo Pereira)

Por meio de nota a Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo afirmou que a decisão foi tomada por conta do agravamento da pandemia. Dessa maneira, eles estariam reforçando a necessidade das medidas de segurança, como distanciamento social.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“A Secretaria Municipal de Turismo fomentará outras formas de promoção do turismo na cidade de São Paulo que sejam seguras e estejam de acordo com as novas diretrizes sanitárias da pandemia de covid-19”, anunciou.

O órgão também afirmou que estava seguindo os protocolos de segurança, mas ainda sim decidiu que a melhor decisão seria não realizar o evento.

“Embora tenham sido tomadas todas as precauções para total segurança de artistas e profissionais envolvidos, conforme determinação dos protocolos de saúde, com esta medida, a cidade de São Paulo espera enfatizar a importância de manter o distanciamento social e as medidas de prevenção à COVID-19 durante as festas de fim de ano”, diz a nota.

Os recursos inicialmente destinados à contratação de artistas serão utilizados para uma ação conjunta entre as secretarias municipais de Cultura e de Turismo.

Fase amarela no dia 31

No dia da virada de ano, o estado de São Paulo vai estar na fase amarela. O que significa mais restrições ao horário de funcionamento do comércio e de serviços, além da capacidade de ocupação e atendimento. Os restaurantes e bares devem fechar às 22h e só podem servir bebidas alcoólicas até às 20h. Além disso, a capacidade máxima dos estabelecimentos foi reduzida para 40%.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes