Saiba como será a vacinação contra a Covid-19 em SP

A primeira fase da vacinação contra a Covid-19 em SP será de 25 de janeiro a 28 de março de 2021 e deve imunizar cerca de 9 milhões de paulistas

A cidade de São Paulo faz aniversário no dia 25 de janeiro e todo o Estado ganhará um presente mais que especial: o início da vacinação contra a Covid-19. Foi o que o governador João Dória anunciou, na tarde desta segunda-feira (07), ao apresentar o Plano Estadual de Imunização contra o coronavírus do Estado de São Paulo.

“Montamos em São Paulo um plano de imunização que nos permite iniciar a vacinação em janeiro. Não estamos virando as costas para o Plano Nacional de imunização, mas precisamos ser mais ágeis, por isso estamos nos antecipando. Por que iniciar a vacinação dos brasileiros em março, se podemos fazer isso em janeiro?”, disse Dória.

Como é o Plano Estadual de Imunização?

O cronograma estipula cinco etapas de vacinação a partir do início da campanha, no dia 25 de janeiro até o fim de março. O governo de São Paulo estima que quase 20% dos 46 milhões de habitantes do estado, cerca de 9 milhões de habitantes, estejam imunizados com duas doses da CoronaVac, na primeira fase de vacinação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com o estado de SP, são esperadas 18 milhões de doses da vacina, distribuídos em 25 postos estratégicos de armazenamento e distribuição regional. Ao todo, 54 mil profissionais de saúde atuarão no plano de imunização.

Além disso, 25 mil policiais para escolta das vacinas e segurança dos locais de vacinação.

Cronograma da vacinação contra a Covid-19 em SP

A primeira fase de vacinação contra a Covid-19 terá início no dia 25 de janeiro e durará até 28 de março. Serão nove semanas de duração e ao todo, 18 milhões de doses serão disponibilizadas à população paulista entre duas aplicações por pessoa, com intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda dose.

Dose 1

  • 25/01 Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas
  • 08/02 Pessoas com 75 anos ou mais
  • 15/02 Pessoas com 70 a 74 anos
  • 22/02 Pessoas com 65 a 69 anos
  • 01/03 Pessoas com 60 a 64 anos

Dose 2  da vacinação contra a Covid-19

  • 15/02 Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas
  • 01/03 Pessoas com 75 anos ou mais
  • 08/03 Pessoas com 70 a 74 anos
  • 15/03 Pessoas com 65 a 69 anos
  • 22/03 Pessoas com 60 a 64 anos

 

Quem não é de SP poderá tomar a vacina contra a Covid-19?

Sim. Segundo o governador João Dória, não será barrada a vacinação contra a Covid-19 para pessoas que estiverem em território paulista no período em que as doses estiverem sendo aplicadas.

“Todo e qualquer brasileiro que estiver em solo no estado de São Paulo e pedir a vacina, receberá a vacina gratuitamente. Ele não precisará comprovar residência em São Paulo. Nós fazemos parte do Brasil, respeitamos todos os brasileiros e aqui vacinaremos todos que precisarem ser vacinados”, disse Dória em relação a vacinação contra Covid-19 em SP.

As doses da CoronaVac serão fabricadas pelo Instituto Butantan. A vacina está na terceira fase de testes e, precisa o quanto antes, ter a sua eficácia testada antes de ser liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O resultado da fase 3 com o índice de eficácia do imunizante deve ser divulgado na próxima semana.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes