São Paulo lança aplicativo para RG digital; saiba como fazer

Também é possível carregar a identidade digital no celular e solicitar a 2ª via do documento físico sem sair de casa.

A versão digital da nova cédula de identidade pode ser baixada por meio do aplicativo RG Digital SP. Lançado pela Polícia Civil de São Paulo,  aplicativo permite que a identidade virtual seja armazenada no smartphone gratuitamente.

Embora válido em todo o território nacional, o documento eletrônico não substituirá a necessidade de emissão do RG físico pode agilizar processos.

Em uma abordagem policial, por exemplo, a apresentação do RG digital deve ser aceita como o documento físico. O policial poderá, inclusive, verificar sua autenticidade via celular.

Também é possível carregar a identidade digital no celular e solicitar a 2ª via do documento físico sem sair de casa.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quem pode usar a versão digital do RG?

Podem acessar o documento virtual aqueles que tiverem RG emitido a partir de 04 de fevereiro de 2014, que possuam numeração vermelha, QR Code impresso no verso e estejam cadastrados no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) da Polícia Civil. Caso não possua esse RG, o interessado deve emitir o documento para usar o programa. O aplicativo também permite a obtenção de segunda via do RG Físico.

Como ter acesso ao aplicativo?

Para baixar o RG Digital basta instalar o programa, abrir o aplicativo, selecionar a opção “Adicionar RG”, para escanear o Código QR do verso do documento em papel, seguindo os passos da tela do celular.

Então, o aplicativo vai direcionar o cidadão para a “prova de vida”, feita via tecnologia de biometria facial, colhendo a imagem do rosto na tela do aparelho. Assim, o documento ficará disponível em só um aparelho de celular.

Confira o passo a passo para o RG digital

  • Entre na loja de aplicativos do seu smartphone e procura por “RG Digital SP”;
  • Faça o download;
  • Abra o aplicativo e clique em adicionar RG;
  • Com o aplicativo no seu celular, siga outras três etapas:

Como usar?

  • Faça a leitura do código QR, que fica na parte interna do documento, utilizando a câmera do seu celular;
  • Leia e aceite os “termos de uso e políticas de privacidade”;
  • Faça o reconhecimento facial através da câmera frontal do celular, a famosa “selfie”, segurando a câmera na altura dos olhos, como o próprio app indica, e posicione o rosto no círculo menor e, depois, no maior;
  • O terceiro e último passo é criar uma senha de quatro dígitos.

Segunda via do RG

A Polícia Civil informa que, no caso de roubo ou furto, apesar da existência de sistema de segurança baseado em biometria, senhas e criptografia, que impede acesso a estranhos, o cidadão deve registrar o fato na Delegacia Eletrônica ou pessoalmente nas delegacias de polícia. Por fim, se for extraviado ou quebrado, basta reinstalar o aplicativo e emitir novamente o RG Digital.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes