Auxílio Emergencial: Governo aprova novas parcelas para 95 mil pessoas

Novas parcelas do auxílio emergencial para mais 95 mil pessoas serão pagas juntamente com os Ciclos 4,5 e 6. São 67,7 milhões de beneficiados

O auxílio emergencial terá 95 mil novos beneficiários. As aprovações são de pessoas que solicitaram a reavaliação do cadastro e pedido do auxílio em outubro. Sendo assim, os novos aprovados receberam a primeira parcela do Ciclo 4, que começa nesta sexta-feira (30), juntamente com beneficiários nascido em janeiro.

Já a segunda parcela pertencerá ao Ciclo 5, entre a última semana de novembro e segunda de dezembro.  Depois disso, as três parcelas serão pagos juntamente com o Ciclo 6, entre dezembro e janeiro de 2021.

Além disso, o Ministério da Cidadania divulgou o calendário de créditos na conta social digital e dos saques da cinco parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 ou de R$ 1.200 para mulheres chefes de família. Também informou que “como o programa vai ate 31 de dezembro de 2020, prazo do decreto de calamidade pública decorrente da pandemia de covid-19, algumas parcelas podem ser pagas simultaneamente”.

Por fim, os novos lotes tiveram liberação com a Portaria nº 519, publicado no Diário Oficial da União. E, os pagamentos serão pela Conta Poupança Caixa Digital, disponível pelo aplicativo Caixa Tem.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Auxílio Emergencial

Com a inclusão de 95 mil pessoas, novos beneficiários, resultam em mais de 67,7 milhões de brasileiros que  terão as cinco parcelas do auxílio emergencial. Sendo assim, o investimento do governo federal ao programa social criado na pandemia ultrapassou R$ 230 bilhões.

“É mais uma demonstração de que estamos analisando cada caso para que ninguém fique para trás. Vamos contemplar todas as pessoas que têm direito ao auxílio, um programa reconhecido internacionalmente pela eficiência no combate aos efeitos socioeconômicos da pandemia do novo coronavírus e pela grandiosidade da operação”, afirmou o ministro da cidadania, Onyx Lorenzoni.

Dessa forma, vale ressaltar que, além das cinco parcelas de R$ 600, os brasileiros podem receber a extensão do benefício, no valor de R$ 300. Contudo, nem todos que recebem o auxílio emergencial terão acesso ao residual.

 

Leia também

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes