Auxílio de 400 reais: quem vai receber o valor mais alto?

Benefício não deve chegar aos 17 milhões de pessoas em dezembro, como pretendia o governo

O Auxílio Brasil começou a ser pago em novembro para milhões de famílias brasileiras em situação de pobreza ou de extrema pobreza. A previsão para a nova rodada de pagamentos é de que ela tenha início no dia 10 de dezembro, seguindo o calendário habitual do Bolsa Família (que deu lugar ao novo benefício), e o último dígito do Número de Inscrição Social (NIS), impresso no cartão do beneficiário. Mas e o Auxílio de 400 reais, quem vai receber?

Quem vai receber o Auxílio de 400 reais?

O Auxílio de 400 reais deve ser destinado a famílias em situação de extrema pobreza (renda mensal de R$ 100 por pessoa) e famílias em situação de pobreza (renda per capita de R$ 200 mensais). As famílias em situação de pobreza apenas poderão receber benefícios se possuírem em sua composição gestantes ou pessoas com idade até 21 (vinte e um) anos incompletos. As famílias que estavam inscritas no Bolsa Família têm direito ao novo benefício, e o pagamento será automático.

Para quem não fazia parte do antigo programa, então precisar estar inscrito no CadÚnico para tentar obter o Auxílio Brasil. Mas atenção: nem todos os inscritos irão receber o novo benefício.

O que falta para Auxílio Brasil de 400 reais ser aprovado?

O Auxílio Brasil pode ser pago no valor de até 400 reais se a PEC dos Precatórios for aprovada. A proposta abre espaço no orçamento para o pagamento do que foi prometido pelo Governo Federal já a partir deste mês.

No entanto, devido a algumas mudanças, o texto voltou para a Câmara dos Deputados e ainda segue sem votação na casa. Como o auxílio de 400 reais ainda depende de aprovação, não há informações concretas sobre quem vai receber o benefício no próximo ano, já que a intenção do governo seria de aumentar o número de beneficiários para 17 milhões.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) defende que a proposta seja fatiada, ou seja, que os pontos que foram consenso entre as duas casas sejam promulgados neste mês com o objetivo de viabilizar os $ 400 mensais para o próximo ano.

Por outro lado, no entanto, o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou uma Medida Provisória (MP) que permitirá o pagamento do Auxílio Brasil no valor de 400 reais já em dezembro, com possibilidade de prorrogação. Mas a MP não prevê o aumento do número de beneficiários e, por isso, deve chegar às mesmas 14,6 milhões de pessoas que receberam o pagamento em novembro.

Como se inscrever no programa?

auxílio 400 reais quem vai receber
Para se inscrever, é preciso procurar o CRAS. Foto: Reprodução/Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As famílias que já estavam inscritas no Bolsa Família têm transição automática para o Auxílio Brasil. No entanto, é preciso que os dados cadastrais na base de dados do governo estejam atualizados. O benefício é destinado a famílias em situação de pobreza (com renda per capita de até R$ 100) ou de extrema pobreza (renda de até R$ 200 por pessoa).

Quem não recebia o Bolsa Família mas atende aos requisitos do novo programa ainda pode se inscrever. Para isso, basta procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo munido dos documentos pessoais de todos os membros familiares, comprovante de residência e comprovante de matrícula escolar dos menores de 21 anos.

Para consultar o cadastro, é preciso acessar o site ou aplicativo do CadÚnico no celular ou fazer uma ligação gratuita para o número 0800 707 2003.

Calendário de pagamento

Confira o calendário previsto para o pagamento do Auxílio Brasil de 400 reais em dezembro de acordo com o NIS:

NIS final 1: 10 de dezembro;

NIS final 2: 13 de dezembro;

NIS final 3: 14 de dezembro;

NIS final 4: 15 de dezembro;

NIS final 5: 16 de dezembro;

NIS final 6: 17 de dezembro;

NIS final 7: 20 de dezembro;

NIS final 8: 21 de dezembro;

NIS final 9: 22 de dezembro;

NIS final 0: 23 de dezembro.

Mostrar comentários (1)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes