Auxílio emergencial 27/10: cadastrados no Bolsa Família recebem R$ 300

Beneficiários de fora desse programa, nascidos em dezembro estão liberados para sacar a parcela recebida em 30 de setembro.

Nesta terça-feira (27), 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família recebem a segunda parcela do auxílio emergencial residual, de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe de família). Ao todo já foram sete parcelas recebidas, as cinco primeiras com valor integral de R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe de família).

Recebem hoje os cadastrados com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 7. A saber, o calendário do auxílio para os cidadãos inscritos nesse programa segue a ordem do dígito final do número do NIS e ocorre nos dez últimos dias úteis do mês. Veja as datas até o fim deste mês de outubro:

  • 28 de outubro: beneficiários com NIS de final 8;
  • 29 de outubro: beneficiários com NIS de final 9;
  • 30 de outubro: beneficiários com NIS de final 0.

Além disso, também hoje os beneficiários de fora desse programa, nascidos em dezembro estão liberados para sacar a parcela recebida em 30 de setembro. São 3,8 milhões de pessoas inscritas no auxílio emergencial pelo CadÚnico, por meio de site ou aplicativo. Esse é o último pagamento do ciclo 2.

Como consultar o NIS pela internet?

O NIS é um número de cadastro feito pela Caixa Econômica Federal, e é útil para identificação no recebimento e recolhimento do FGTS, seguro-desemprego, abono salarial e aposentadoria. Bem como para recebimento de benefícios. São incluídos trabalhadores e beneficiários de programas sociais.

A saber, no aplicativo ou site do Meu INSS é possível consultar o NIS com o número do CPF. Quem está inscrito no Cadastro Único, consegue verificar o número após preencher os campos solicitados no site (nome, nome da mãe, data de nascimento, estado e município).

Como fazer saques e transferências do auxílio emergencial?

Antes da liberação para saque, pode-se usar o auxílio emergencial para pagamento de contas domésticas, compras com cartão de débito virtual e pagamentos em lojas físicas por meio de QR Code.

Então, para sacar o benefício, basta ir em lotérica, correspondente Caixa Aqui ou em agência da Caixa. Ademais, para conseguir efetuar saque sem cartão é preciso acessar o aplicativo Caixa Tem e clicar na opção “gerar código de saque”. Pode-se usar o código em até uma hora.

Por fim, a transferência do auxílio também se faz através do aplicativo Caixa Tem. O trabalhador deve escolher a opção “Transferir dinheiro”. Depois disso, basta digitar os dados da conta bancária que deseja transferir e concluir a operação. Dessa forma, o destinatário pode ser uma conta da mesma titularidade do beneficiário ou de outra pessoa.

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.