Auxílio emergencial: Caixa paga parcela a 3,5 milhões neste domingo

O pagamento de hoje marca o fim dos depósitos relacionados ao ciclo 3. Já a liberação para saques e transferências segue até 05 de dezembro.

Neste domingo (1º) a Caixa Econômica Federal deposita mais uma parcela do auxílio emergencial para 3,5 milhões de beneficiários nascidos em dezembro, e que não fazem parte do Bolsa Família. Para quem está incluído nesse programa o calendário é diferente, segue a ordem do dígito final do número do Número de Identificação Social (NIS) e ocorre nos dez últimos dias úteis do mês.

O pagamento de hoje marca o fim dos depósitos relacionados ao ciclo 3. Já a liberação para saques e transferências segue até 05 de dezembro. Então, algumas pessoas que entraram no início do benefício recebem a sétima parcela, relacionada ao auxílio residual. Veja os valores:

  • Quem ainda não recebeu as cinco primeiras parcelas, adquire hoje R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe de família);
  • Quem já recebeu as cinco primeiras parcelas, adquire hoje o auxílio residual, de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe de família).

Esses cidadãos estarão liberados para sacar a parcela recebida hoje apenas no dia 05 de dezembro.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa forma, os pagamentos do auxílio emergencial são divididos em seis ciclos. Cada um deles garante o depósito de uma parcela a todos os beneficiários inscritos por meio de inscritas via Cadastro Único, aplicativo ou site da Caixa. Há datas para depósitos e para liberação de saques. A saber, o ciclo 4 teve início em 30 de outubro.

Como funciona o aplicativo Caixa tem? – Auxílio emergencial

A Caixa deposita o auxílio emergencial em poupança social digital. Ela pode ser acessada por meio do aplicativo Caixa Tem. Antes da liberação para saque é possível usar os valores para pagar contas doméstica, como água, luz e telefone. Bem como, realizar compras com cartão de débito virtual e pagamentos em lojas físicas por meio de QR Code.

Para pagar boletos basta acessar o aplicativo Caixa Tem e clicar em “Realizar pagamentos” Será possível usar câmera para ler o código de barras, ou digitá-lo.

Já para fazer uso do cartão de débito virtual, a orientação é escolher a opção “Cartão de Débito Virtual”. Feito isso, aparecerá a imagem do cartão com os dados correspondentes. Basta clicar em “gerar”. Em seguida, é só usar o código na hora de comprar pela internet. Nota-se que cada operação exige um código diferente.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes