Auxílio Emergencial para pais solteiros: ainda vai ter a cota de R$ 3.200?

Pagamentos retroativos da cota dupla serão destinados a homens chefes de família sem cônjuge

Em 2020, o presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou o pagamento da cota dupla do Auxílio Emergencial aos pais solteiros e chefes de família, assim como ocorreu com as mães na mesma situação. No entanto, o veto foi derrubado e agora esses homens devem começar a receber o pagamento retroativo das parcelas às quais têm direito. O primeiro pagamento do Auxílio Emergencial para pais solteiros deve ser feito ainda este mês e o valor total do benefício pode chegar a R$ 3.200. Saiba quem vai receber.

Auxílio Emergencial para pais solteiros: quem tem direito?

O pagamento retroativo do Auxílio Emergencial para pais solteiros deve começar a ser liberado em breve e será destinado aos chefes de família sem cônjuge com filhos pequenos, com prioridade para aqueles que não estão no CadÚnico ou aptos a receber o Auxílio Brasil, que começou a ser pago em novembro em substituição ao Bolsa Família.

As parcelas que serão pagas aos pais solteiros são referentes ao ano de 2020, quando as mulheres monoparentais receberam a cota dupla de R$ 1.200. Na época, o presidente Bolsonaro vetou a liberação dos pagamentos aos homens sem cônjuge e com filhos pequenos, mas em junho deste ano o veto foi derrubado. As cotas retroativas do Auxílio Emergencial devem ser pagas a mais de um milhão de brasileiros. O Ministério da Cidadania está analisando quem serão os contemplados com o pagamento e como ele será feito.

Qual será o valor do benefício?

A liberação do pagamento do Auxílio Emergencial para pais solteiros foi aprovada pela Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados em dezembro. O valor ao qual esses cidadãos têm direito refere-se às cinco parcelas de R$ 600 de cota dupla que foram vetadas pelo presidente em 2020. No entanto, os valores devem sofrer correção. Sendo assim, os pais solteiros que têm direito ao pagamento retroativo podem receber cerca de R$ 3.200 cada.

Quando será feito o pagamento do Auxílio Emergencial para pais solteiros?

Auxílio
Calendário ainda não foi divulgado pelo governo. Foto: reprodução/marcello casal jr. /agência brasil

Ainda não houve divulgação de quando será feito o pagamento do Auxílio Emergencial para pais solteiros. No entanto, a ideia do governo é que os valores comecem a ser creditados já em dezembro. O que se sabe até agora é que, a pedido da Caixa Econômica Federal, a liberação deve ser escalonada, com prioridade para os homens que não estão no CadÚnico ou aptos a receber o Auxílio Brasil. O objetivo é não gerar aglomerações nas agências neste fim de ano.

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito às cotas extras do Auxílio Emergencial para pais solteiros, o cidadão pode fazer a consulta pelo CPF no portal da Dataprev. Lá serão exibidas a situação dos pagamentos anteriores e se o beneficiário é considerado elegível para receber as cotas retroativas. O endereço para consultar as informações é consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/

Você pode gostar também