Confira o calendário do saque-aniversário do FGTS em 2021

O dinheiro fica disponível para saque no mês de aniversário do trabalhador e nos dois meses seguintes.

Uma das modalidades de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) permite que o trabalhador retire anualmente, no mês de seu aniversário, parte de seu fundo. Trata-se do saque-aniversário que pode ser aderido no aplicativo FGTS. Sendo assim, o calendário do saque-aniversário do FGTS em 2021 já está disponível.

Calendário do saque-aniversário do FGTS em 2021

O dinheiro dessa modalidade fica disponível para retirada no mês de aniversário do trabalhador e nos dois meses seguintes. Ao passo que, o valor pode ser recebido no mesmo ano em que foi feita a adesão. Veja o calendário do saque-aniversário de 2021:

  • Trabalhadores nascidos em janeiro: podem sacar de janeiro a março;
  • Trabalhadores nascidos em fevereiro: podem sacar fevereiro a abril;
  • Trabalhadores nascidos em março: podem sacar de março a maio;
  • Trabalhadores nascidos em abril: podem sacar de abril a junho;
  • Trabalhadores nascidos em maio: podem sacar de maio a julho;
  • Trabalhadores nascidos em junho: podem sacar de junho a agosto;
  • Trabalhadores nascidos em julho: podem sacar de julho a setembro;
  • Trabalhadores nascidos em agosto: podem sacar de agosto a outubro;
  • Trabalhadores nascidos em setembro: podem sacar de setembro a novembro;
  • Trabalhadores nascidos em outubro: podem sacar de outubro a dezembro;
  • Trabalhadores nascidos em novembro: podem sacar de novembro a janeiro de 2022;
  • Trabalhadores nascidos em dezembro: podem sacar de dezembro a fevereiro de 2022.
Leia também

Covid-19: hospitais particulares de São Paulo tem fila de…

Descubra como sacar o FGTS rescisão pelo aplicativo

Quanto cada trabalhador pode sacar?

A quantia a ser sacada a partir das datas do calendário do saque-aniversário variam de acordo com o saldo que o trabalhador tem em sua conta do FGTS. Quem tem até R$ 500 de saldo do FGTS, pode sacar 50%. Ao passo que, o percentual diminui conforme o saldo aumenta. Veja quais são as alíquotas e parcelas adicionais:

  • Saldo de até R$ 50: saque de 50%;
  • Saldo de R$ 500,01 até R$ 1.000: saque de 40%, mais parcela fixa de R$ 50;
  • Saldo de R$ 1.000,01 até R$ 5.000: saque de 30% mais parcela fixa de R$ 150;
  • Saldo de R$ 5.000,01 até R$ 10.000: saque de 20% mais parcela fixa de R$ 650;
  • Saldo de R$ 10.000,01 até R$ 15.000: saque de 15% mais parcela fixa de R$ 1.150;
  • Saldo de R$ 15.000 até R$ 20.000: saque de 10% mais parcela fixa de R$ 1.900;
  • Saldo superior a R$ 20.000,01: saque de 5% mais parcela fixa de R$ 2.900.

 

Leia também:

- PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes