Como consultar o Auxílio Brasil: veja se você tem direito ao benefício

Pagamentos do novo Bolsa Família começam no dia 17 deste mês

Os pagamentos do Auxílio Brasil começam no próximo dia 17, mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o programa substituto do Bolsa Família. Como consultar o Auxílio Brasil, quais os valores e o calendário de pagamento da primeira parcela? Veja mais informações abaixo. 

Como consultar o Auxílio Brasil

O passo a passo de como consultar o Auxílio Brasil é simples e pode ser feito via aplicativo ou site. Veja abaixo:

Aplicativo

  • Baixe o aplicativo do Bolsa Família – na transição, a consulta pode ser pelo app, disponível para celulares Android e iOS; 
  • Caso tenha cadastro, insira o CPF do beneficiário e clique em “Próximo”;
  • Se não tiver cadastro, selecione a opção “Cadastre-se” e informe os dados necessários.

No aplicativo, além de consultar o Auxílio Brasil, é possível ver o calendário de pagamento. A ordem é a mesma do Bolsa Família, pelo dígito final do Número de Identificação Social (NIS). 

Telefone 

Ligue na central de atendimento do Ministério da Cidadania, no número 121.

Quem tem direito ao benefício?

Antes de saber como consultar o Auxílio Brasil, é preciso entender quem tem direito ao benefício. O novo programa vai atender neste primeiro mês cerca de 14,6 milhões de famílias, todas até então já beneficiadas pelo Bolsa Família. Em dezembro, no entanto, o governo projeta que 17 milhões de pessoas estejam na base de cadastro. 

Para receber o Auxílio Brasil, é necessário estar ativo no Cadastro Único (CadÚnico). Além disso, deve-se atender aos requisitos: 

  • Famílias em situação de extrema pobreza: com renda de até R$ 100 mensais por pessoa;
  • Famílias em situação de pobreza: com renda entre R$ 100,01 e R$ 200 mensais por pessoa, caso tenham gestantes ou jovens de até 21 anos incompletos.

Saiba no próximo tópico como consultar o Auxílio Brasil.

Beneficiários do Bolsa Família não precisam fazer recadastramento para o novo programa. A migração será automática e a primeira parcela começa a ser depositada a partir de 17 de novembro. Neste mês, o valor médio do tíquete é de R$ 217,18 (17,84% acima da média do antigo benefício). Em dezembro, o valor deve subir para R$ 400, o prometido desde o anúncio do Auxílio Brasil em agosto e que deve ser mantido até o final de 2022.

Quem recebeu a parcela de novembro, terá o pagamento retroativo com a diferença dos R$ 400. 

Saiba mais: quem vai receber o Auxílio Brasil?

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes