Conta de luz mais cara: volta de tarifa extra a partir de hoje (1/12)

Em todo o mês de dezembro será aplicada a bandeira vermelha, no patamar 2, com o custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

A partir desta terça-feira (1º) a conta de luz ficará mais cara, isso por que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou a cobrança de tarifa extra. A decisão foi tomada em reunião extraordinária realizada ontem (30).

Sendo assim, em todo o mês de dezembro será aplicada a bandeira vermelha, no patamar 2, com o custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. É o valor mais alto do sistema de bandeiras da Aneel.

Em maio, a Aneel havia informado que iria manter a bandeira verde até o fim do ano, em razão da pandemia da Covid-19. A saber, na bandeira verde a conta não recebe nenhum acréscimo. No entanto, a reguladora revogou a medida e informou em nota o motivo “a queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e a retomada do consumo de energia levaram à revisão da decisão”.

Tarifas extras da conta de luz

O sistema de bandeiras tarifárias são usadas desde 2015 nas contas de luz. São usadas as mesmas cores do semáforo: verde, amarelo e vermelho. Elas indicam se haverá e qual será o valor do acréscimo na energia de acordo com as condições de geração de energia. Entenda:

  • Bandeira verde: está modalidade indica que há condições favoráveis na geração de energia, por isso não há acréscimos na tarifa da conta de luz;
  • Bandeira amarela: esta bandeira indica condições menos favoráveis de geração, sendo assim há acréscimo de R$ 0,01343 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;
  • Bandeira vermelha – Patamar 1: neste item a geração de energia fica com custos mais altos, portanto se repassa o acréscimo ao consumidor final de R$ 0,04169 para cada quilowatt-hora kWh consumido;
  • Bandeira vermelha – Patamar 2: por fim, esta bandeira demostra geração de energia ainda mais custosa e a tarifa sobe para acréscimo de R$ 0,06243 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

 

Leia também:

Você pode gostar também
buy cialis online