Conta Kids: bancos digitais miram educação financeira para crianças

Bancos digitais apostam nas contas kids para incentivar a educação financeira de crianças e jovens, com cartão de débito e planejamento.

0 173

A adesão às contas digitais vem crescendo no país, bem como a criação de bancos totalmente digitais. Com o desenvolvimento da tecnologia, principalmente para o público mais jovem, as fintechs encontraram um novo segmento: as crianças. A preocupação com a educação financeira dos pequenos foi um dos motivos para tal iniciativa.

Nos bancos digitais, Inter e Next, crianças podem ser titulares de conta corrente, além de cartão de débito. Sendo assim, cria-se uma nova maneira de ensino sobre investimentos e economia financeira para menores de 18 anos. Entre as estratégias usadas pelo bancos digitais são a figura de personagens e sistemática de gamificação.

Como abrir uma Conta Kids?

Para abrir uma conta Kids, a criança deve ter CPF e RG, mas também os documentos pessoais dos responsáveis. Além disso, os pais ou responsáveis legais devem possuir uma conta corrente do banco digital escolhido, já que a entrada e saída de dinheiro são operações que necessitam ser acompanhadas por um adulto.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Sendo assim, a criança terá acesso ao aplicativo bancário pelo smartphone ou tablet, iOS ou Android. Por meio do aplicativo, a criança poderá fazer transferências. Também, a criança também tem direito a um cartão de débito.

A abertura de contas correntes digitais são gratuitas, sujeitas a análise com duração de até 72 horas para confirmação da conta. Depois disso, a criança tem acesso à serviços bancários gerais.

A iniciativa é uma forma de incentivar e auxiliar na educação financeira de crianças e jovens, ainda quando dependentes financeiros. Aprender a economizar e a investir desde cedo, o relacionamento com o dinheiro, bem como o conhecimento de como o sistema financeiro funciona pode tornar a criança mais responsável na hora de adquirir bens.

Dessa forma, a educação financeira torna-se primordial para tempos de crise, mas também de controle e planejamento das finanças pessoais, independentemente da idade.

Confira também:

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes