Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bilhões na economia

Ainda assim, segundo a Confederação Nacional do Comércio, o montante é 5,4% inferior ao registrado no ano passado

Setores do comércio já começam a fazer projeções sobre o impacto do décimo terceiro salário na economia brasileira. O pagamento deve injetar algo em torno de R$ 208 bilhões este ano.

Décimo terceiro menor em 2020

No entanto, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou nesta quinta-feira, dia 29 de outubro, em valores reais, o montante é 5,4% inferior ao registrado em 2019.

De acordo com o órgão, a queda de 5,4% é a maior retração anual desde o início do acompanhamento realizado pela CNC, em 2012.

A Confederação aponta que um dos motivos para a queda no montante do décimo terceiro é a Medida Provisória 936 deste ano, que autorizou a redução do salário proporcional à jornada e a suspensão temporária do contrato de trabalho, com a justificativa de preservar empregos em meio à pandemia da covid-19.

Saiba mais: Comércio varejista do Brasil atinge maior patamar de vendas em 20 anos

A CNC usa dados do Ministério da Economia que mostram que, entre abril e agosto foram firmados 16,1 milhões de acordos entre patrões e empregados no âmbito da MP 936, sendo 7,2 milhões de suspensão do contrato de trabalho 3,5 milhões de redução de 70% da jornada.

Segundo a CNC, o vencimento médio pago em 2020 (R$ 2.192,71) terá um recuo de 6,6% em comparação ao valor de 2019 (R$ 2.347,55). O presidente da CNC, José Roberto Tadros, atribui a queda do montante do décimo terceiro ao recuo expressivo da atividade econômica e do avanço da informalidade. (Com informações da Agência Brasil)

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.