Entenda porque a Volkswagen suspenderá a produção no Brasil

Nesta sexta-feira, 19 de março de 2021, a Volkswagen anunciou que suspenderá a produção de veículos no Brasil. De acordo com a empresa, a decisão é em razão do agravamento da pandemia da Covid-19 no país.

“A empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares”, diz a empresa em trecho de comunicado. A medida valerá para todas as unidades da empresa no país entre os dias 24 de março e 4 de abril.

A Volkswagen do Brasil possui quatro fábricas no Brasil: São Bernardo do Campo (SP), São Carlos (SP), São José dos Pinhais (PR) e Taubaté (SP).

Segundo a Volkswagen, serão mantidas as atividades essenciais nas fábricas. Já os funcionários das áreas administrativas atuarão em trabalho remoto.

Leia a íntegra do comunicado

“A Volkswagen do Brasil comunica suspensão de atividades relacionadas à produção de todas as suas unidades no País, localizadas nos estados de São Paulo e Paraná, a partir do dia 24 de março de 2021 por 12 dias corridos.

Com o agravamento do número de casos da pandemia e o aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI nos estados brasileiros, a empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares. Nas fábricas, só serão mantidas atividades essenciais.

Os empregados da área administrativa atuarão em trabalho remoto. A medida foi tomada em conjunto com os Sindicatos locais.”

Veja quais foram os 10 carros mais roubados em 2020

Quando a Volkswagen se instalou no Brasil?

A história da Volkswagen do Brasil começou em 23 de março de 1953, em um armazém na Rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. De lá, saíram as primeiras unidades do Fusca, montadas com peças importadas da Alemanha e apenas 12 empregados.

Com o sucesso nas vendas, a marca anunciou o projeto de construir uma fábrica no Brasil, que não se limitaria somente à montagem de veículos, mas sim a fazer do País uma base de exportação para toda a América do Sul.

A produção com peças nacionais foi iniciada em 2 de setembro de 1957, quando saiu da linha de montagem da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) o primeiro modelo da marca fabricado em território nacional: a Kombi, com 50% de suas peças e componentes produzidos no País.

O primeiro Fusca (Sedan) montado no Brasil foi lançado em 3 de janeiro de 1959. Nesse mesmo ano, foram vendidas 8.406 unidades do modelo que, rapidamente, se tornaria um estrondoso sucesso de mercado, em uma época dominada pelos automóveis importados de grande porte. Até 1986, o Brasil produziu 3,1 milhões de unidades do lendário Fusca.

421f2996 4db3 4215 b82f fea4230351c4 low

Veja os 20 carros mais vendidos no Brasil em novembro de 2020

Cronologia de lançamento dos modelos VW do Brasil

Kombi – 02 de setembro de 1957
Fusca – 03 de janeiro de 1959
VW 1600 – 21 de novembro de 1968
Variant – Dezembro de 1959
VW 1600 TL – 03 de agosto de 1970
SP 1 / SP 2 – 26 de junho de 1972
Brasília – 08 de junho de 1973
Passat – 21 de junho de 1974
Variant II – Novembro de 1977
Gol – 15 de maio de 1980
Voyage – 23 de junho de 1981
Parati – 07 de junho de 1982
Saveiro – Agosto de 1982
Santana – Junho de 1984
Quantum – Setembro de 1985
Apollo – 08 de junho de 1990
Logus – 04 de fevereiro de 1993
Pointer – 10 de dezembro de 1993
Golf (nacional) – julho de 1999
Polo – 18 de abril de 2002
Polo Sedan – Outubro de 2002
Fox – Outubro de 2003
CrossFox – Março de 2005
SpaceFox – Abril de 2006
up! – Fevereiro de 2014
Saveiro Cabine Dupla – agosto de 2014
cross up! – Outubro de 2014
Polo – 25 de setembro de 2017
Virtus – 22 de janeiro de 2018
T‑Cross – 19 de fevereiro de 2019
Golf GTE – 04 de novembro de 2019
Nivus – 25 de junho de 2020

Fonte: Volkswagen

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.