FGTS emergencial de R$1.000: calendário começa em abril de 2022

Saque do FGTS começa em abril, mas com regras

O saque do FGTS emergencial de R$1.000 vai poder ser feito a partir do mês de abril, dependendo do mês de aniversário do trabalhador. A iniciativa é uma das medidas provisórias assinadas pelo presidente Jair Bolsonaro em março, com o objetivo de alavancar a retomada do emprego e da economia no país. O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço foi criado para proteger o trabalhador demitido sem justa causa, mediante a abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho.

Quando começa o saque do FGTS emergencial de R$1.000

O saque do FGTS emergencial de até R$1.000 vai começar a ser liberado a partir do dia 20 de abril, com as datas estabelecidas de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

A liberação vai ser realizada de forma digital, por meio do aplicativo Caixa Tem, e a a Caixa Econômica estima que sejam sacados cerca de R$30 bilhões para até 42 milhões de brasileiros.

Segundo o Governo Federal, o intuito do chamado Saque Extraordinário do FGTS é reduzir o comprometimento da renda e endividamento das famílias em função da crise sanitária provocada pela covid-19. O valor do saque do FGTS emergencial será de até R$1.000 por trabalhador e ocorrerá uma única vez, levando em consideração as somas dos saldos disponíveis de todas as suas contas do Fundo.

Confira como ficou o calendário de pagamentos divulgado pela Caixa Econômica Federal:

Nascidos em janeiro: saque do FGTS em 20 de abril;
Nascidos em fevereiro: saque do FGTS em 30 de abril;
Nascidos em março: saque do FGTS em 04 de maio;
Nascidos em abril: 1saque do FGTS em 1 de maio;
Nascidos em maio: saque do FGTS em 14 de maio;
Nascidos em junho: saque liberado em 18 de maio;
Nascidos em julho: saque liberado em 21 de maio;
Nascidos em agosto: saque liberado em 25 de maio;
Nascidos em setembro: saque do FGTS em 28 de maio;
Nascidos em outubro: saque do FGTS em 01 de junho;
Nascidos em novembro: saque do FGTS em 08 de junho;
Nascidos em dezembro: saque do FGTS em 15 de junho.

Como será realizado o pagamento do FGTS emergencial

Conforme as datas estabelecidas pe Caixa, o FGTS emergencial de até R$1.000 será disponibilizado na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. Dessa forma, o saque vai precisar ser feito pelo aplicativo Caixa Tem.

Assim que o valor for creditado, já será possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, além de fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR Code nas maquininhas, por meio do aplicativo da Caixa Tem. Esse valor também vai poder ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco, incluindo transação por Pix, assim como efetuar saques nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

Saque do FGTS emergencial de R$1.000 é opcional 

A Caixa informa que o saque do FGTS emergencial de até R$1.000 é opcional, portanto, quem não tiver interesse no saque terá que informar a escolha à Caixa Econômica Federal. Para isso, é preciso acessar o aplicativo FGTS ou se dirigir a uma das agências do banco para informar que não deseja receber o dinheiro.

Mesmo após a realização do pagamento na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador ainda poderá optar pela anulação do crédito automático, por meio dos mesmos canais, até dia 10 de novembro de 2022. Ou, caso a Poupança Social Digital do trabalhador não seja movimentada até 15 de dezembro de 2022, os recursos serão retornados à conta do FGTS, sem nenhum prejuízo ao trabalhador.

Não estarão disponíveis os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário, por exemplo.

Leia mais: Saque extraordinário FGTS 2022: veja como sacar seu dinheiro

Você pode gostar também
buy cialis online