Saiba como funciona a antecipação da restituição do Imposto de Renda

Na antecipação da restituição do Imposto de Renda, o contribuinte consegue pegar os valores a que tem direito antes do prazo descrito no calendário do imposto

Pessoas com dívidas a juros altos ou com dificuldades financeiras podem contar com um empréstimo relacionado ao IR. Trata-se da antecipação da restituição do Imposto de Renda, em que o contribuinte pode receber o dinheiro devido antes do calendário do tributo, mas terá que arcar com juros.

Nota-se que, a restituição desse imposto se trata de um reembolso que o contribuinte recebe ao se constatar que ele pagou mais tributos do que o necessário ao longo do ano-calendário a que a declaração diz respeito. Dessa forma, a Receita Federal devolve esse valor extra.

Como funciona a antecipação da restituição do Imposto de Renda?

Na antecipação da restituição do Imposto de Renda, o contribuinte consegue pegar os valores a que tem direito antes do prazo descrito no calendário do imposto. Na prática, a pessoa pega um empréstimo no valor que irá receber a restituição, e quando de fato esse dinheiro é depositado em conta, o banco que concedeu o crédito pega o valor acrescido de juros.

Nesse sentido, o valor dos juros a serem cobrados varia de acordo com alguns fatores, como o banco em que se vai pedir o empréstimo, o valor e o histórico do contribuinte com essa instituição financeira.

De modo geral, a aprovação desse crédito de antecipação é simples e não exige a mesma burocracia de outros tipos de empréstimo.

Quando posso antecipar?

Nota-se que, assim que o contribuinte enviar a sua declaração do imposto à Receia Federal, poderá realizar uma solicitação da restituição do Imposto de Renda ao banco que indicou ao declarar o IR.

- PUBLICIDADE -

O calendário da declaração e dos prazos para restituição do Imposto der Renda de 2021 ainda não foi divulgado. Ao passo que, o prazo para declarar costuma começar no dia 1º de março e finalizar no dia 30 de abril.

Leia também

Veja como declarar Fies no Imposto de Renda 2021

IRPF 2021: saiba escolher entre declaração completa ou…

Como fazer a antecipação?

Ao pensar em solicitar a antecipação da restituição do Imposto de Renda é importante entender que, só é possível pedir esse crédito no banco que foi indicado como local de depósito do reembolso na declaração do tributo.

Sendo assim, para pedir o crédito é preciso apresentar ao banco o recibo da declaração, de modo a comprovar o valor que tem a receber de restituição. O dinheiro a ser liberado varia entre 75% a 100% do total da restituição, e é depositado até o próximo dia útil após a contratação do empréstimo.

O processo e as condições para fazer essa solicitação variam de acordo com a instituição financeira. Veja como funciona na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil.

Caixa Econômica Federal: A antecipação da restituição do Imposto de Renda na Caixa está limitada ao crédito de 75% do valor total desse reembolso. Os juros são pré-fixados, de acordo com a taxa em vigor na data da contratação, e cobrados com o principal na liquidação do contrato. Para fazer a solicitação, o cidadão pode procurar uma agência do banco com a documentação necessária.

Banco do Brasil: No Banco do Brasil, é possível pedir a antecipação de até 100% da restituição do Imposto de Renda devido, com o limite de até R$ 20 mil. O pagamento do empréstimo é feito em parcela única no dia do recebimento da sua restituição ou no vencimento final do contrato, o que acontecer primeiro. O contribuinte consegue fazer a solicitação no aplicativo do banco.

 

 

Leia também:

- PUBLICIDADE -

Veja como tirar o extrato do Imposto de Renda do INSS

Como declarar os rendimentos isentos no Imposto de Renda?

Desempregados precisam declarar o Imposto de Renda?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes