Auxílio-doença: veja o valor e o tempo de duração do benefício

O auxílio-doença é pago a segurados do INSS que estejam temporariamente incapazes de trabalhar, por acometimento de doença ou acidente.

A saber, o auxílio-doença é pago a segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que estejam temporariamente incapazes de trabalhar, por acometimento de doença ou acidente. Para comprovação, é necessário realizar perícia médica.

Como funciona?

Para conseguir solicitar o benefício, o segurado deve cumprir carência de 12 contribuições mensais. Além disso, deve ter qualidade de segurado do INSS e comprovar a necessidade do auxílio-doença por meio de perícia médica. Para empregados em empresa, é preciso estar afastado do trabalho por mais de 15 dias.

Tempo de duração do benefício

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O trabalhador recebe o benefício até que se recupere da doença ou retorne ao trabalho. Além de ocasião de óbito.

Como calcular valor do auxílio-doença?

Em seguida, para calcular o valor do auxílio-doença é preciso primeiro verificar o “salário de benefício”, cuja conta abrange todos os benefícios por incapacidade.

O cálculo leva em consideração a quantidade de meses em que houve recolhimento, depois disso efetua-se a soma dos meses que representam 80% do período total, nos quais foram registrados as maiores contribuições. Feito isso, o sistema do INSS divide o valor pela quantidade de meses equivalentes. O resultado é o salário de benefício.

Então, o valor do auxílio-doença será equivalente a 91% do salário de benefício, caso essa quantia não ultrapasse a média dos últimos 12 meses de contribuição. Por exemplo, considera-se um trabalhador com 5 anos de recolhimentos tem o salário benefício de R$ 2.000 e média dos 12 últimos salários de R$ 2.200. Deve-se multiplicar R$ 2.000 pela alíquota de 0,91. Resultando em R$ 1.820,00 de auxílio.

Como solicitar?

Ademais, para solicitar o benefício é preciso acessar o portal Meu INSS, realizar o login e clicar em “Agende sua Perícia”. Depois escolher a opção “Agendar Novo”. Pode-se acompanhar a solicitação pelo mesmo site, em “Resultado de Requerimento/Benefício por Incapacidade”

A próxima etapa é comparecer à perícia médica, que ocorre em unidade do INSS. Mas em alguns casos, ela pode ser realizada na casa do segurado ou no hospital. O resultado da perícia também pode ser visto no portal Meu INSS.

Documentos

Por fim, veja quais documentos que podem ser solicitados para receber o auxílio-doença:

  • Documento de identificação oficial com foto;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Documentos médicos decorrentes do tratamento, como atestados e exames;
  • Para quem está empregado, declaração assinada pelo empregador, informando a data do último dia trabalhado;
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT);
  • Para quem é segurado especial, documentos que comprovem esta situação.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes