Calendário do INSS 2022 começa em janeiro; valor vai aumentar

Benefícios serão pagos com reajuste a partir do dia 25 de janeiro

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já divulgou o o calendário do primeiro pagamento para os mais de 36 milhões de beneficiários em 2022. A boa notícia é que o valor sofrerá reajuste já a partir do primeiro mês do próximo ano. O calendário de 2022 seguirá o mesmo padrão dos anos anteriores, ou seja, levará em conta o número final do cartão do benefício, sem considerar o último dígito – que aparece depois do traço – e o valor ao qual o segurado tem direito. Os depósitos estão programados para começarem no dia 25 de janeiro. Confira as datas divulgadas pelo INSS e de quanto será o reajuste.

Calendário do INSS em 2022: quando o benefício começa a ser pago?

Todos os segurados do INSS que recebem aposentadoria, pensão, auxílio-doença e outros benefícios já têm data para começar a receber o benefício em 2022. Atualmente, são mais de 36 milhões de beneficiários, sendo que a maioria, pouco mais de 24 milhões, recebe o piso nacional, e os outros 12 milhões ganham mais do que um salário.

Seguindo o mesmo padrão dos anos anteriores, quem ganha até um salário mínimo vai receber antes. As datas previstas para esse público são entre os dias 25 de janeiro e 7 de fevereiro. Já para os segurados que têm renda acima de um salário, os depósitos serão feitos a partir do dia 1º de fevereiro, considerando o número final do cartão do benefício.

Qual é o calendário anual de pagamentos para 2022 divulgado pelo INSS?

Datas para quem ganha até um salário mínimo:

  • Janeiro – de 25 de janeiro a 07 de fevereiro
  • Fevereiro – de 21 de fevereiro a 09 de março
  • Março – de 25 de março a 07 de abril
  • Abril – de 25 de abril a 06 de maio
  • Maio – de 25 de maio a 07 de junho
  • Junho – de 24 de junho a 07 de julho
  • Julho – de de 25 de julho a 05 de agosto
  • Agosto – de 25 de agosto a 08 de setembro
  • Setembro – de 26 de setembro a 07 de outubro
  • Outubro – de 25 de outubro a 07 de novembro
  • Novembro – de 24 de novembro a 07 de dezembro
  • Dezembro – de 23 de dezembro a 06 de janeiro de 2023

Datas para quem ganha acima de um salário mínimo:

  • Janeiro – de 01 a 07 de fevereiro
  • Fevereiro – de 03 a 09 de março
  • Março – de 01 a 07 de abril
  • Abril – de 02 a 06 de maio
  • Maio – de 01 a 07 de junho
  • Junho – de 01 a 07 de julho
  • Julho – de 01 a 05 de agosto
  • Agosto – de 01 a 08 de setembro
  • Setembro – de 03 a 07 de outubro
  • Outubro – de 01 a 08 de novembro
  • Novembro – de 01 a 07 de dezembro
  • Dezembro – de 02 a 06 de janeiro de 2023

Confira o calendário do INSS para 2022 de acordo com o número final do benefício:

Calendário INSS 2022
Imagem: Reprodução/INSS

Os valores dos benefícios serão reajustados? Para quanto?

A partir de janeiro, quem tem direito a aposentadoria, pensão, auxílio-doença e outros benefícios passa a receber um novo valor de benefício. O reajuste é calculado de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que leva em conta a inflação. O novo valor deve ser então, baseado no acumulado até novembro mais o resultado registrado em dezembro.

De acordo com o Ministério da Economia, o INPC de 2021 deve fechar o ano em torno de 10%, o que significa que o salário mínimo pode passar dos atuais R$ 1.100 para R$ 1.210. Dessa maneira, o novo piso terá o mesmo valor do salário mínimo, que também é reajustado de acordo com o INPC. Por lei, nenhum benefício previdenciário pode ser abaixo do piso nacional. Com essas alterações, o teto do INSS também será reajustado: de R$ 6.433,57 passará para R$ 7.079,50 se o reajuste seguir as previsões do Ministério.

O reajuste do salário mínimo sempre acontece em janeiro, após o fechamento dos dados do ano anterior. Em 2022, o novo valor do mínimo deve ser divulgado no dia 11 de janeiro.

Deixe um comentário