Prova de vida em 2022: novas datas e como funciona?

Os segurados possuem várias opções para fazer a comprovação e garantir a continuidade do pagamento do seu benefício

A prova de vida é utilizado pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para garantir o pagamento de benefícios aos segurados e evitar fraudes e pagamentos indevidos. Devido à pandemia, o procedimento foi alterado algumas vezes e, por isso, os cidadãos devem estar atentos e saber qual a data para fazer prova de vida em 2022.

Quando fazer a prova de vida em 2022?

A regra antes da pandemia, era de que os cidadãos que recebem benefícios do INSS realizassem a prova de vida no mês de aniversário. Mas nos últimos meses várias mudanças foram feitas e, agora, foram estabelecidas novas datas para a realização desse procedimento.

A Portaria PRES/INSS nº 1.400 do INSS estabelece um novo prazo para fazer prova de vida em 2022 para quem ainda não comprovou até dezembro de 2020. Esses beneficiários tem até fevereiro de 2022 para o procedimento.

Outros grupos também devem acompanhar o novo calendário. Então, veja a seguir qual a data para fazer prova de vida em 2022:

>> Prova de vida que venceu em dezembro/2020: a data para fazer prova de vida se estende até fevereiro/2022;

>> Prova de vida que venceu entre janeiro e junho/2021: o novo prazo é até março/2022;

>> Prova de vida que venceu entre julho e agosto/2021: prazo se estende até abril/2022;

>> Prova de vida que venceu entre setembro e outubro/2021: beneficiários têm até maio/2022;

>> Prova de vida entre novembro e dezembro/2021: prazo se estende até junho/2022;

O que acontece se não fizer prova de vida?

A partir dos prazos estabelecidos pela portaria, o INSS começará a fazer o bloqueio dos benefícios daqueles que não fizerem a comprovação.

O documento estabelece que a partir de julho de 2022, os casos de ausência de comprovação de vida que forem observados no mês de aniversário do beneficiários, os créditos mensais da segunda e da terceira competências subsequentes serão encaminhados às instituições bancárias responsáveis pelo pagamento com a orientação de bloqueio.

Portanto, aqueles que não cumprirem com a data para fazer prova de vida em 2022 e tiverem o benefício suspenso, deverão comparecer ao banco onde receberam o benefício e solicitar a regularização.

A partir disso, o atendente fará a comprovação de vida para que o pagamento seja novamente liberado. Mas caso o cidadão não se atente para Qual a data para fazer prova de vida em 2022 e deixe de fazer esse procedimento num prazo de até seis meses, o benefício será cessado.

Diante disso, será necessário entrar em contato com o INSS para tentar reativar o pagamento. Isso deverá ser feito através do site Meu INSS.

Feito isso, o pedido ainda passará por uma avaliação do INSS e, se for aprovado, o pagamento será disponibilizado em até 72 horas. Mas essa análise pode demorar para ocorrer, então, a orientação é atender aos prazos estabelecidos pela nova portaria para não ficar sem receber o pagamento previdenciário.

LEIA TAMBÉM | Como ficará a aposentadoria da mulher em 2022?

Como fazer prova de vida INSS?

Para facilitar esse procedimento aos beneficiários, o INSS disponibiliza várias formas de fazer a prova de vida. São elas:

Prova de vida presencial: é a principal delas é comparecer ao banco onde o pagamento é recebido e solicitar o atendimento. Para isso, basta ter em mãos um documento de identificação com foto.

As próprias instituições bancárias também oferecem alternativas para que os beneficiários não fiquem em filas. Dentre as opções está a prova de vida realizada no caixa eletrônico, sendo que o procedimento é confirmado através de movimentações financeiras ou troca de senha utilizando a biometria do titular do benefício.

Prova de vida virtual: também há a prova de vida por meio de aplicativo de celular, como oferece o Banco do Brasil. Nesse caso, para usar essa funcionalidade basta que o cliente tenha o app BB instalado em seu smartphone e que o dispositivo esteja liberado.

Prova de vida em 2022
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Assim, ao acessar a conta o cliente deve entrar no menu “Serviços”, escolher a opção “INSS”, clicar em “Prova de vida INSS” e tirar uma foto de seu documento de identificação, frente e verso. Também será solicitado uma selfie para confirmar que a solicitação foi feita pelo segurado do INSS.

Prova de vida domiciliar: outra opção para as pessoas que possuem dificuldades de locomoção é através do telefone 135. Nesse canal de atendimento o cidadão pode solicitar a prova de vida domiciliar que está disponível para aposentados e pensionistas com mais de 80 anos de idade ou dificuldades de locomoção.

Essa opção também pode ser solicitada através do site Meu INSS, basta cadastrar os dados do titular do benefício e uma senha. Depois, procure pela opção “prova de vida”, clicar em “Dificuldade de Locomoção” para agendar a data e o horário.

Depois, um funcionário do INSS irá até à residência do segurado ou local onde o mesmo se encontra internado, se for o caso. Pelo site também é possível nomear um Procurador para fazer a prova de vida em 2022.

Prova de Vida pelo celular: quem possui biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) também pode fazer a Prova de Vida Digital.

Esse procedimento é permitido por meio do reconhecimento facial e deve ser realizado no aplicativo Meu gov.br. As orientações para realizar a prova de vida em 2022 estão disponíveis no aplicativo SouGov.br. 

Veja também tudo sobre o Meu INSS e como usar os serviços disponíveis

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes