Quem terá direito ao 14º salário do INSS se proposta for aprovada?

A expectativa é de que o abono extra seja pago no mês de dezembro de 2021, 2022 e 2023, para amparar os segurados devido às dificuldades causadas pela pandemia

O pagamento do 13° salário para aposentados e pensionistas foi antecipado pelo governo este ano. Mas como não foi liberado outro benefício emergencial para esse público durante a pandemia, muitas pessoas estão ansiosas para saber quem terá o direito ao 14º salário do INSS. 

Esse pagamento é previsto pelo Projeto de Lei 4.367/2020 que ainda está tramitando na Câmara dos Deputados. A iniciativa será semelhante ao décimo terceiro que é pago anualmente para os segurados da Previdência Social. Mas em caso de aprovação, a concessão do 14º salário será feita até o ano de 2023.  

Foi aprovado o décimo quarto salário para 2021?

Esse pagamento foi proposto pelo deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), e é aguardado desde o ano passado, pois tem como objetivo amparar os segurados do INSS diante das dificuldades enfrentadas em decorrência da pandemia, assim como devido ao avanço da idade para a maioria dos segurados.

Na semana passada o tema voltou ao debate ao receber um parecer favorável da Comissão de Seguridade Social e Família, assim como de Finanças e Tributação. Mas é importante ressaltar que o projeto ainda precisa da aprovação das demais comissões da Câmara dos Deputados e, depois, seguirá para o Senado Federal. Se tiver a maioria dos votos da casa, seguirá para a avaliação do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). 

Além dessa tramitação, vale lembrar que a aprovação também vai depender da definição da fonte de recursos que será utilizada para custear o pagamento extra. Esse pode ser o principal impasse para a aprovação da proposta. Então, somente após esses procedimentos o pagamento será liberado para quem tem direito ao  14º salário do INSS. 

Quem terá direito ao 14º salário do INSS?

O novo abono é voltado aos aposentados, pensionistas e pessoas que recebem auxílios pagos mensalmente pelo INSS. Além disso, também terão direito ao 14º salário quem recebeu algum benefício previdenciário durante este ano, mas que teve a interrupção programada do benefício. Neste caso, será pago o valor proporcional. Então, para saber quem tem direito ao 14º salário do INSS, listamos a seguir quais são os beneficiários: 

Quem recebe aposentadorias

Terão direito ao 14º salário quem recebe benefícios como a aposentadoria por tempo de contribuição; aposentadoria por idade; aposentadoria especial; aposentadoria por invalidez;

Quem recebe o auxílio-doença

Esse benefício é pago aos trabalhadores que precisa ficar afastado de suas atividades profissionais por mais de 15 dias devido à doença ou acidente;

Quem recebe o auxílio-acidente

É concedido aos segurados que sofrem qualquer categoria de acidente que resultam em sequelas que diminuam a sua capacidade para o trabalho; 

Quem recebe o auxílio-reclusão

Diferente dos demais benefícios, o auxílio-reclusão é voltado aos dependentes do trabalhador que está preso em regime fechado;

Quem recebe a pensão por morte

Também é destinada aos dependentes de contribuintes que tenham falecido. Sendo assim, também podem receber o 14º salário;

Quem não vai poder receber o 14º salário do INSS?

É importante ressaltar que não são todos os segurados que terão direito ao pagamento. Isso porque o 13º foi levado em consideração para a criação do décimo quarto salário, portanto, também estão mantidas as regras para o recebimento do abono que também é conhecido por abono natalino.

Sendo assim, é importante lembrar que os cidadãos que recebem benefícios assistenciais não têm o direito de receber o 13º e anualmente, portanto, também não terão acesso ao 14º caso esse pagamento seja liberado. Desta forma, quem recebe pagamentos como o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/Loas) ou a Renda Mensal Vitalícia (RMV), por exemplo, não poderá receber o novo pagamento do INSS.

Para que esses segurados pudessem receber o 14º seria necessário a reformulação da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), assim como ser feita uma revisão das regras da previdência pelo INSS e pelo Ministério da Economia.

 

Qual é o valor do 14º salário 2021?

Em caso de aprovação do projeto de lei, as parcelas de abono serão pagas no mês de dezembro dos anos 2021, 2022 e 2023. Sendo assim, os aposentados ou pensionistas que recebem o benefício no valor de um salário mínimo terão direito a uma parcela anual de abono de igual valor (R$ 1.100 em 2021).

Os beneficiários  que recebem valor mensal acima de um salário mínimo, por sua vez, terão o direito ao abono da seguinte forma: será pago um salário mínimo acrescido de uma parcela proporcional. Para isso, será calculada a diferença entre o salário mínimo e o teto de regime geral da previdência social, que em 2021 é de R$ 6.433,57. Mas esse valor será limitado a dois salários mínimos

Caso o 14º salário seja aprovado, os aposentados e pensionistas poderão conferir o valor depositado, através do extrato de pagamento do seu benefício. Para obter esse documento, o segurado deve acessar o site do INSS ou instalar em seu celular o aplicativo Meu INSS.

Leia também

Quem recebe BPC loas vai ter décimo terceiro em 2021? Entenda

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes