Tabela do INSS 2021: saiba as alíquotas sobre as contribuições do próximo ano

O teto demonstra as porcentagens que serão descontadas do salário do trabalhador mensalmente ou pagas para a contribuição com a Previdência Social

De fato, todos os anos os benefícios previdenciários sofrem alterações. Da mesma forma acontece com a Tabela do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) 2021, que referencia pagamentos para os cidadãos aposentados que recebem os benefícios. É através dela, então, que o contribuinte sabe o percentual do desconto em cima da faixa salarial. Ou seja, a alíquota de recolhimento para o fundo previdenciário.

 

Tabela de alíquotas do INSS 2021

As alíquotas são, portanto, as porcentagens que serão descontadas do salário do trabalhador mensalmente ou pagas para a contribuição com a Previdência Social.

Tabela do INSS 2021
Tabela para empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso. Imagem: reprodução

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  • Até R$ 1.045,00 – 7,5%
  • R$1.045,01 até R$2.089,60 – 9%
  • R$2.089,61 até R$3.134,40 – 12%
  • R$3.134,41 até R$6.101,06 – 14%

 

Tabela do INSS 2021
Tabela para contribuinte individual e facultativo. Imagem: reprodução
  • R$1.45,00 – 5% (R$52,25)
  • R$1.045,00 – 11% (R$114,95)
  • R$1.045,00 até R$6.101,06 – 20% (entre R$209,00 e R$1.220,20)

 

Servidores Federais

Para os servidores públicos civis da União, então, é necessário saber se pertencem ao regime antigo ou atual. Assim, quem estiver na ativa vai seguir a tabela progressiva:

  • Até um salário mínimo (R$ 1.045): 7,5%;
  • De R$ 1.045,01 a R$ 2.089,60: 9%;
  • De R$ 2.089,61 a R$ 3.134,40: 12%;
  • e R$ 3.134,41 a R$ 6.101,06: 14%;
  • De R$ 6.101,07 a R$ 10.448,00: 14,5%;
  • De R$ 10.448,01 a R$ 20.896,00: 16,5%;
  • De R$ 20.896,01 a R$ 40.747,20: 19%;
  • Acima de R$ 40.747,20: 22%.

 

O que é a tabela do INSS?

Em suma, a tabela do INSS 2021 (ou teto) é um documento público divulgado pelo Ministério do Trabalho junto da Previdência Social, e consta todas as alíquotas do ano vigente para a contribuição com o INSS.

O recolhimento mensal deve ser feito com o repasse adequado, para que os benefícios previdenciários sejam garantidos ao cidadão trabalhador. Assim, são assegurados benefícios em casos de acidente de trabalho, doenças, afastamento ou qualquer outro motivo que impossibilite o trabalhador de realizar suas atividades funcionais. Enfim, os benefícios que o contribuinte tem direito:

  • Aposentadoria;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio acidente;
  • Auxílio doença;
  • Salário maternidade;
  • Salário família;
  • Reabilitação profissional.

Além disso, é bom lembrar que algumas das regras de contribuição da Previdência Social mudaram em decorrência da Reforma da Previdência. Dessa forma, é preciso conferir também as regras de transição.

 

Como consultar?

Portanto, por meio da consulta online também é possível obter todas as informações da tabela. Através do site ou do aplicativo, por certo, você terá acesso personalizado a todas as informações referentes a Previdência Social. Para o acesso:

  1. Acesse a página de consulta do INSS;
  2. Preencha os espaços com as informações necessárias;
  3. Clique na caixa “não sou um robô”;
  4. Entre no sistema.

E então você terá acesso as informações do INSS. Por fim, para acessar através de aplicativos em dispositivos móveis, basta:

  1. Baixar e instalar o aplicativo Meu INSS;
  2. Fazer login e acessar seus dados pessoais.
Informar Erro
Fonte Uol

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes