Teleperícias do INSS começam em novembro; saiba como agendar

Com início em 6 de novembro, elas devem acontecer com o acompanhamento de um médico do trabalho das empresas para a avaliação

De acordo com o governo federal, a teleperícia terá início no dia 6 de novembro no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).  O plano foi apresentado nesta quinta-feira (22) ao Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público Federal (MPF) e Defensoria Pública.

Todavia, o INSS informou ao TCU que para uma perícia em que o segurado não tivesse acompanhamento de um médico, seria necessário o órgão investir em equipamentos. Neste momento, de acordo com o INSS, tais gastos seriam pouco viáveis e exigiriam que os segurados também tivessem câmeras específicas.

 

Proposta

A proposta já havia sido enviada no dia 7 de outubro pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho para o TCU. Nela, então, constava o protocolo para implementação do projeto piloto das perícias médicas por telemedicina.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

As perícias médicas à distância estarão disponíveis apenas para concessão de auxílio por incapacidade temporária para o trabalho. O empregador deve fazer o agendamento do procedimento, em comum acordo com o empregado, e deverá ser feito nas instalações da empresa, com a presença de médico do trabalho.

 

Como funcionará a teleperícia?

O serviço será feito com segurados que estejam com o acompanhamento do médico do trabalho das empresas. Entretanto, nos casos de empresas que não têm médico do trabalho, está mantida a necessidade de realizar a perícia presencialmente no INSS.

Isso porque em uma teleperícia onde o segurado não estiver acompanhado de um médico especializado em saúde ocupacional, não seria possóvel realizar testes essenciais para definir o estado da pessoa que passa por uma avaliação.

Segundo o INSS, empresas médias e grandes já tem a obrigação de ter médico do trabalho, por isso é grande o número de segurados que poderiam receber o atendimento no novo sistema. O atendimento por teleperícia também deve tornar mais rápida a perícia presencial.

 

Como reagendar a perícia?

A plataforma Meu INSS já disponibiliza o módulo de reagendamento de perícias médicas. Portanto, é importante que aqueles que usam o aplicativo façam a atualização. Também é possível marcar através do telefone 135. Saiba como agendar:

  1. Acesse o aplicativo ou site do Meu INSS;
  2. Efetue o login na plataforma;
  3. Clique em “agendar perícia”;
  4. Selecione uma das opções: “perícia inicial”, “perícia de prorrogação” ou “remarcar perícia”. Então, siga os próximos passos para o agendamento e realize o acompanhamento na opção “agendamentos/solicitações”.

 

Leia também:

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes