Veja como deve ficar o valor da aposentadoria em 2021

O governo federal enviou ontem a proposta de R$ 1088 para o salário mínimo do ano que vem. O valor está na proposta de alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

O governo federal enviou ontem (15) a indicação de R$ 1088 para o salário mínimo do ano que vem. O valor está na proposta de alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Com esse reajuste, a quantia da aposentadoria em 2021, e de outros benefícios do INSS, também sofre alterações.

Aposentadoria em 2021

Boa parte dos beneficiários da Previdência Social recebem o piso salarial. Então, caso o valor de R$ 1088 seja confirmado, passarão a receber essa quantia. O que representa um aumento de R$ 43 em relação ao salário mínimo atual, de R$ 1045.

Nesse sentido, o teto da aposentadoria em 2021 deve chegar a R$ 6.351,20. Atualmente, é de R$ 6.101,06.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, o calendário de pagamentos do INSS também usa como referência o salário mínimo. Primeiro recebem os segurados que ganham esse valor, e depois os que têm pagamentos acima de um salário mínimo.

Para os segurados que ainda contribuem para a Previdência, os valores devem subir. Por exemplo, no plano simplificado os contribuintes individuais recolhem 11% do salário mínimo. Atualmente isso resulta em R$ 114,95 por mês. No próximo ano o valor deve ficar em R$ 119,68ao mês.

O mesmo acontece com os microempreendedores individuais (MEIs), que contribuem com 5% sobre o valor do salário mínimo para o INSS, através da guia de Documento de Arrecadação do Simples Nacional  (DAS). Em 2020, esse resultado é de R$ 52,25. Em 2021 deve ficar em R$ 54,40.

 

Salário mínimo sem aumento real

O salário mínimo é calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que em 2020 é de 4,11%. Nota-se que o valor de R$ 1088 não representa um ganho real, pois não está acima da inflação, realizando apenas a correção da estimativa do INPC.

Por fim, o salário desse ano também não contou com aumento real, e levou em conta a base da inflação de 2019.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes