Pix: Nubank e Mercado Pago cadastram chaves sem autorização

Clientes do Nubank e Mercado Pago relatam cadastro de chaves Pix sem autorização. O Procon-SP notificou as fintechs sobre as reclamações.

As fintechs Nubank e Mercado Pago foram alvos de 30 reclamações pelo cadastro de chaves Pix, sem o consentimento. O Banco Central (BC) afirmou que as instituições financeiras fizeram o registro de chaves Pix automomaticamente, mesmo que não seja obrigatório. Sendo assim, o Procon notificou as empresas, cobrando explicações, além do BC.

Contudo, o Nubank é a instituição com mais chaves cadastradas. A fundadora e CEO do Nubank, Cristina Junqueira defendeu que as notificações são “ataques à reputação”. “A gente está com mais de 10 milhões de chaves Pix registrada no Banco Central hoje. Se a gente estivesse fazendo algo sem consentimento, já teria aparecido muito mais reclamações”, afirmou durante o programa Roda Viva, em 19 de outubro.

Mais de 42 milhões de chaves Pix já foram cadastradas, segundo informações do BC.

O que é Pix?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Pix é um sistema de pagamentos instântaneos, assim como o TED e DOC, criado pelo Banco Central. Sendo assim, transferências bancárias via aplicativo de instituição financeira poderão ser feitas por meio de chaves Pix. Além disso, pessoas físicas e microempreendedores individuais terão o serviço de maneira gratuita, mas com exceções.

As transferências pelo Pix começaram em 16 de novembro. Contudo, o cadastro de chaves Pix acontece desde 5 de outubro .

Cadastro de chaves Pix

O cadastro de chaves Pix é opcional. Cada cliente pode registrar até cinco chaves com CPF, CNPJ, endereço de e-mail, número de telefone celular e sequência aleatória de 32 dígitos.

Sendo assim, as chaves Pix cadastradas correspondem a um dado específico restrita a conta corrente em determinado banco. Ou seja, não é possível usar o CPF, por exemplo, para criação de chave Pix em duas instituições financeiras.

 

Notificação do Procon-SP

Segundo informe do Procon-SP, o Nubank e o Mercado Pago receberam notificação sobre os registros de chaves Pix automáticos e sem aviso prévio aos clientes. Dessa forma, o órgão de defesa do direito do consumidor pediu explicações sobre a forma de cadastro das chaves Pix e a divulgação de informações sobre o sistema de pagamentos instantâneos aos clientes.

“Além de notificar as empresas, o Procon-SP enviou ofício a FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos para que comunique aos bancos para que não efetuem o cadastramento da Chave Pix sem prévia, expressa e inequívoca autorização do cliente que é o consumidor, caso contrário poderão ser multados por prática abusiva”, declarou em nota à imprensa.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes