Pagamento do PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado?

Para receber esse abono é necessário estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos e atender às demais regras estabelecidas por lei

O PIS ano-base 2020 foi pago de forma antecipada entre os meses de fevereiro e março. Antes, esse abono era liberado pelo governo no segundo semestre de um ano e terminava apenas no primeiro semestre do ano seguinte. Por conta dessa mudança, veja se o PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado como aconteceu com os pagamentos deste ano.

PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado?

Ainda não há informações oficiais se o PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado, a fim de repetir o que foi realizado neste ano. Mas o governo já afirmou que não fará dois pagamentos do PIS durante 2022 como era esperado para que o calendário do abono ficasse em dia novamente.

Segundo o Ministério do Trabalho da Previdência disse em entrevista ao portal G1, os dados dos trabalhadores relacionados ao ano-base 2021 “serão objeto de procedimentos operacionais para identificação dos trabalhadores com direito ao abono salarial, que serão realizados entre o mês de outubro do ano de 2022 e janeiro de 2023”.

Desta forma, a previsão é de que essas duas parcelas do abono salarial sejam liberados apenas a partir de 2023. Assim, as novas datas do calendário de pagamentos do PIS referente ao ano-calendário 2021 e de 2022, serão divulgadas em janeiro de cada ano, como determina a resolução nº 896/2021 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Como vai funcionar o PIS 2021 2022?

PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Essas duas parcelas do abono deverão ser depositadas nas contas dos trabalhadores entre os meses de janeiro e dezembro de cada exercício. Antes, esse abono salarial era liberado pela Caixa Econômica Federal de forma escalonada começando em julho de um ano e terminando somente no mês de junho do ano seguinte.

O pagamento do PIS 2021 e 2022 vai ser liberado para quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base. Além disso, é necessário ter recebido remuneração média de até dois salários mínimos durante esses anos e estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos.

Para que o trabalhador receba normalmente o abono se for anunciado que o PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado ou quando for liberado o calendário oficial, também é preciso que todos os dados do emprego tenham sido informados pelo empregador através da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Isso deve ser feito anualmente, pois, através das informações registradas nesse banco de dados é que o governo consegue identificar quem são os trabalhadores que possuem direito de receber o abono. A partir da data de liberação do dinheiro, quem é correntista da Caixa Econômica Federal receberá o abono diretamente em sua conta.

Os demais trabalhadores podem entrar em contato com o banco ou ir até uma agência para solicitar a transferência do dinheiro para outra conta ou fazer o saque do abono. Para isso, basta apresentar um documento de identidade.

Valor do abono

O valor do PIS varia anualmente para cada brasileiro. O cálculo é feito conforme o número de meses que foram trabalhados no ano-base, além disso, o governo também leva em consideração o salário-mínimo vigente que é a quantia máxima que cada trabalhador pode receber por meio do PIS.

Para saber qual será o valor e se o PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado, é necessário aguardar informações do governo sobre qual será o reajuste feito no salário-mínimo dos próximos anos.

A previsão mais recente feita pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia é de que o valor subiria para R$ 1.293 a partir de janeiro do ano que vem, o que representaria um aumento de R$ 81. Esse valor será mantido se a inflação de 2022 ficar acima dos 6,7%.

Neste sentido, os cidadãos que querem saber se o PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado e qual o valor receberão, devem acompanhar as informações do abono por meio da Central de Atendimento Caixa ao Cidadão no número 0800 726 0207. Outra opção é acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital (CTPS Digital) por meio do CPF e uma senha que deve ser cadastrada na plataforma.

Leia Também

Dinheiro esquecido do PIS Pasep: saiba consultar com o CPF

Você pode gostar também
buy cialis online