PetroRio fará oferta de ações que pode arrecadar R$ 2,2 bilhões

Os recursos da operação serão destinados para antecipar o cronograma de investimentos da empresa

A PetroRio, uma das maiores empresas privadas de produção de petróleo do Brasil, anunciou que seu conselho de administração aprovou a realização de uma oferta pública primária de ações que pode movimentar até R$ 2,2 bilhões. Ou seja, é o evento que marca a primeira venda de ações da empresa que, posteriormente, dará o início à negociação dessas ações em bolsa de valores.

 

PetroRio pode ofertar até 29,7 milhões de ações

A operação envolverá a distribuição primária inicial de 22 milhões de ações ordinárias. Caso haja demanda, poderão ser ofertados mais 7 milhões de papéis. O total será de 29,7 milhões de ações, se consideradas ações adicionais, disse a companhia em comunicado na noite de ontem (18). Estas ações são as que dão aos acionistas direitos de participação na empresa, como direito a voto durante as assembleias. 

 

Leia também

Saída da Sony do Brasil: quais produtos não serão vendidos?

Relembre as promessas de Bolsonaro sobre os preços da…

O montante que pode ser arrecadado considera a venda de todos os papéis ao preço em que as ações da PetroRio fecharam o pregão de sexta-feira (15), de R$ 74,28. A oferta envolveria R$ 1,63 bilhão, ou R$ 2,2 bilhões se houver negociação das ações adicionais. O preço oficial será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento, marcada para 28 de janeiro. Esse tipo de oferta, conhecida como follow-on, é feita com esforços restritos, ou seja, a procura está limitada a 75 investidores institucionais – profissionais -, com mais de R$ 1 milhão investidos, dos quais 50 poderão subscrever.

 

O que a PetroRio fará com os recursos?

A PetroRio disse que pretende negociar a totalidade dos recursos da oferta, inclusive eventual arrecadação com ações adicionais, “para antecipar seu cronograma de investimentos orgânicos, bem como suportar financeiramente novas aquisições”. A oferta de ações será coordenada por BTG Pactual, Citigroup, Credit Suisse, Itaú BBA, Safra e Santander Brasil. E as campanhas de desenvolvimento dos campos de Frade, Wahoo, Polvo e Tubarão Martelo devem receber aportes, acrescentou a companhia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes