PIS 2021 e 2022 vai ser antecipado? Entenda o calendário

Entenda como será o pagamento previsto para janeiro de 2022

Normalmente, o pagamento do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) e do PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) começa a ser feito em julho. No entanto, em 2021, ele foi adiado para minimizar os impactos da pandemia de Covid-19 sobre os trabalhadores e, portanto, somente em 2022 é que os brasileiros começarão a receber o abono referente ao ano de 2020. A boa notícia é que o calendário de pagamento vai começar em breve, mas o PIS 2021 e 2022 será antecipado?

O PIS 2021 e 2022 será antecipado?

Devido a uma decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), o pagamento do PIS/PASEP do ano-base 2020, que deveria ter iniciado em julho deste ano, começará a ser feito a partir de janeiro de 2022. Com o adiamento do abono em 2021, milhões de brasileiros esperavam que ele começasse a ser pago somente em julho, como é feito normalmente. Como não foi pago em 2021, o PIS/PASEP, no entanto, não foi antecipado.

O pagamento que deve iniciar em janeiro é referente ao ano de 2020. O que se sabe, por enquanto, é que isso deve ser feito de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Seguindo a lógica, quem faz aniversário em janeiro recebe em janeiro, quem nasceu em fevereiro recebe em fevereiro e assim por diante até dezembro. O novo calendário deve ser divulgado no começo do ano.

Apesar de não ter datas oficiais, a decisão já foi confirmada pelo Codefat.

O abono será pago em dobro?

Pis 2021 2022 antecipado
Valor do pis/pasep pode ser pago em dobro. Foto: reprodução/marcello casal jr/agência brasil

Além do novo calendário, outra mudança que pode acontecer é o trabalhador receber o PIS/PASEP em dobro. Isso porque a Resolução do Codefat indica que o Abono Salarial será pago de janeiro a dezembro de cada exercício. Sendo assim, é possível que o trabalhador receba o PIS/PASEP referente aos anos de 2020 e 2021 juntos a partir de janeiro de 2022.

No entanto, isso ainda não foi definido pelo Governo Federal. Em outras palavras, o pagamento do PIS/PASEP de 2021 pode ser antecipado para janeiro e, dessa forma, todo trabalhador que tem direito ao abono receberia o valor de dois anos de uma só vez.

Qual será o valor do PIS/PASEP 2021/2022 pago em janeiro?

O Abono Salarial do PIS/PASEP tem o valor máximo de um salário mínimo e é proporcional à quantidade de meses trabalhados. A conta é a seguinte: quem trabalhou um mês recebe uma de doze partes do salário. Já quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio.

Como há uma expectativa de que o salário mínimo seja reajustado para R$ 1.200, o valor máximo do PIS/PASEP pode chegar a R$ 2.400 se os pagamentos dos anos-base de 2020 e 2021 forem feitos juntos. Sendo assim, o Abono Salarial não foi antecipado, mas o trabalhador pode receber dois salários mínimos a partir de janeiro de 2022.

Quem tem direito?

O PIS é destinado aos trabalhadores de empresas privadas e o PASEP aos funcionários públicos. Pode receber o Abono Salarial quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias do ano e que recebe até dois salários mínimos por mês. Atualmente, esse valor é de R$ 2.200.

Quem tem dúvidas a respeito do PIS pode entrar em contato com a Caixa Econômica Federal pelo site da instituição, aplicativo Caixa Trabalhador ou ligação gratuita (0800 726 0207). Já para os servidores públicos, o canal de dúvidas é pelo Banco do Brasil por meio do site, aplicativo ou telefone (0800 729 0001).

Você pode gostar também