Valor do Auxílio Brasil para mães solo é diferente?

Novo Bolsa Família não paga valor fixo para mulheres chefes de família

O governo iniciou o pagamento do Auxílio Brasil, programa que substitui o Bolsa Família. A quantia da primeira parcela varia dependendo do beneficiário e sua composição familiar. Por isso, há dúvidas se o valor do Auxílio Brasil para mães solo é específico ou não.

Valor do Auxílio Brasil para mães solo não é fixo

O Auxílio Brasil não determina um valor fixo para mães solo, como acontecia no Auxílio Emergencial, por exemplo. O novo Bolsa Família vai pagar valores entre R$ 65 e R$ 500, segundo o Ministério da Cidadania.

Para calcular o valor do Auxílio Brasil para mães solo, é necessário avaliar a composição familiar. Isso porque, o programa paga as parcela dependendo das características de cada família.

Por exemplo, há benefícios para crianças com 3 anos incompletos, outro para crianças e adolescentes e ainda um especial para àquelas famílias que não consigam superar a linha da extrema pobreza (renda per capita de R$ 100) mesmo com as bolsas iniciais. Veja abaixo:

Benefício Primeira Infância, no valor de R$ 130: famílias com crianças de até 3 anos incompletos. Um benefício a cada criança na faixa etária, mas limitado a cinco por família;

Benefício Composição Familiar, no valor de R$ 65: famílias com crianças e adolescentes entre 3 a 17 anos de idade incompletos, jovens de 18 a 21 anos matriculados na educação básica, ou gestantes. O valor é por pessoa, também limitado a cinco benefícios;
Benefício de Superação da Extrema Pobreza, de R$ 100: pago caso a família continuar abaixo da linha de extrema pobreza.

Os valores acima são definidos como o “núcleo básico” do programa. Há ainda uma lista de benefícios chamados acessórios complementares, que podem aumentar o valor do Auxílio Brasil para mães solo.

Auxílio Criança Cidadã (R$ 100 ou R$ 200 para crianças matriculadas em tempo parcial ou integral em creches regulamentadas ou autorizadas)

Auxílio Esporte Escolar (12 parcelas de R$ 100 e uma de R$ 1.000, para famílias com crianças que se destaquem nos jogos escolares brasileiros)

Bolsa de Iniciação Científica Júnior (12 parcelas de R$ 100 e uma de R$ 1.000, para estudantes que tenham destaque em competições acadêmicas e científicas).

Atenção aos requisitos

É preciso lembrar também que, diferente dos requisitos do Auxílio Emergencial, o Auxílio Brasil é destinado a famílias em situação de pobreza (com renda per capita até R$ 100) ou extrema pobreza (R$ 100,01 e R$ 200). Ou seja, nem todos as mães solos que recebiam a ajuda emergencial até outubro necessariamente estarão aptas a participar do novo programa.

Neste primeiro mês, inclusive, o repasse vai contemplar apenas famílias que já eram beneficiárias do Bolsa Família.

Até o final de dezembro, no entanto, o governo fala em expandir a base do benefício e atender 17 milhões de pessoas. Para participar, é preciso estar ativo no Cadastro Único (CadÚnico).

Veja também:

Quais são as datas de pagamento do 13º salário em 2021?

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes