Veja como saber se foi aprovado no Auxílio emergencial 2021

Os pagamentos do auxílio emergencial 2021 podem ter início a partir do dia 5 de abril.

O Governo Federal planeja pagar a nova rodada do auxílio emergencial deste ano a partir de abril. Como novas regras foram estabelecidas para receber o benefício este ano, os trabalhadores precisam consultar a partir do dia 1 de abril se tem direito aos novos valores. Então Veja como saber se foi aprovado no Auxílio emergencial 2021:

A consulta da lista de beneficiários do auxílio emergencial, bem como no ano passado, é individual. Os usuários devem acessar o site do Dataprev e informar os dados necessários. Confira a seguir um passo a passo para verificar se você tem direito.

Auxílio emergencial 2021: 21 dúvidas respondidas aqui.

Como saber se fui aprovado no auxílio emergencial 2021?

Consultar auxílio emergencial 2021
Os aprovados no benefício podem consultar a partir de 1 de abril de 2021 – foto: reprodução
  1. O primeiro passo é entrar no ‘Portal de Consultas do Governo Federal – Dataprev’ (https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/);
  2. Em seguida, basta informar o nome completo;
  3. Logo após, preencha o nome da mãe (caso não tenha registro de mãe, basta selecionar a opção Mãe desconhecida);
  4. Informe a data de nascimento;
  5. Feito isso, selecione a opção não sou um robô, em seguida, clique em enviar.

Pronto! Caso você seja um beneficiário, o crédito aparecerá junto a data de disponibilidade do benefício. Além do resultado da análise, a plataforma do Dataprev também deve informar aos usuários os seguintes pontos:

    • Motivação da negativa do benefício, em caso de não aprovação;
    • Situação da segunda solicitação;
    • Contestação do pedido negado.

Quem tem direito ao auxílio emergencial 2021?

Novas regras foram estabelecidas pelo governo federal para repassar os valores do auxílio emergencial em 2021. Além disso, para evitar fraudes, os aprovados serão analisados mensalmente. Com isso, alguns usuários podem ter o benefício rescindido em caso de incompatibilidades.

As pessoas que fazem parte do cadastro de Microempreendedores Individuais (MEI), os contribuintes individuais do INSS, autônomos e trabalhadores informais que não recebem nenhum outro benefício do Governo Federal (com exceção do Bolsa Família) estão aptos a receber o benefício.

A pessoa também precisa ter mais de 18 anos, não ter emprego formal, ser de família com renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135), além de não ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de R$ 28.559,70 (ou seja, que não precisou declarar Imposto de Renda em 2018). Desde que atenda às regras do Auxílio, quem já está cadastrado no Cadastro Único, ou recebe o benefício Bolsa Família, receberá o auxílio emergencial automaticamente, sem precisar se cadastrar..

      • Trabalhadores informais;
      • Beneficiários do Bolsa Família;
      • Renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300);
      • Renda familiar per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 550);
      • Quem recebeu o auxílio emergencial no ano passado.

Quando vai começar a pagar o auxílio emergencial 2021?

Os pagamentos terão início em abril e seguirão cronograma de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários.

O primeiro depósito será efetuado no dia 5 de abril. No entanto, o governo federal ainda não divulgou o calendário completo para os trabalhadores beneficiários do programa.

Por outro lado, quem recebe o Bolsa Família já pode consultar aqui o calendário completo de pagamentos do auxílio deste ano. Para estes, o cronograma será o mesmo utilizado no pagamento mensal do programa de repasse de renda.

O pagamento do benefício vai durar três meses, a princípio, período mais agudo da pandemia do coronavírus.

Qual o valor do auxílio emergencial esse ano?

O auxílio emergencial 2021 será limitado a uma pessoa por família, e os valores vão variar entre R$ 150, R$ 250 ou R$ 375. O benefício será pago para 45,6 milhões de pessoas a partir de abril. O governo divulgou em 18 de março as regras que definem quem tem direito a receber o auxílio emergencial deste ano.

Dúvidas sobre o benefício?

Ligue 151 – O serviço é gratuito e a ligação deve ser realizada por meio de um telefone fixo.

Você pode gostar também