Veja quem pode sacar a 6 parcela do auxílio emergencial a partir de hoje

A Caixa Econômica Federal deu início ao pagamento de mais uma rodada do Auxílio Emergencial de 2021. O depósito nas contas começou hoje, sexta-feira, 17 de setembro para quem é inscrito no Bolsa Família. Para trabalhadores do público geral, o calendário de pagamento e saque da 6 parcela do auxílio emergencial segue uma tabela de datas diferente.

O benefício é pago de forma escalonada e segue dois calendários. Quem é inscrito no Bolsa Família e foi aprovado para receber o Auxílio emergencial não precisa se preocupar com novas datas para receber o dinheiro. A Caixa optou por realizar o pagamento do auxílio no mesmo dia e na mesma conta que seria pago o Bolsa Família

Quem é inscrito no programa social, ao invés de receber o valor do Bolsa Família, recebe o valor do Auxílio Emergencial. Assim, tendo como base o Número de Identificação Social (NIS), o auxílio é pago primeiro para aqueles com último dígito do NIS igual a 1 e segue a sequência numérica até o pagamento de pessoas com NIS 9.

LEIA MAIS | Mãe solteira recebe 6 parcela do auxílio emergencial a partir de sexta

- PUBLICIDADE -

Os últimos a serem pagos são aqueles com NIS 0, que se registraram mais recentemente na base de dados do Bolsa Família.  Além de receberem alguns dias antes do público geral, usuários do Bolsa Família ganham direito ao saque imediato do valor do Auxílio e não precisam esperar um processo de liberação do direito da retirada do dinheiro em espécie. 

A partir de quando o público geral poderá sacar a 6 parcela do Auxílio Emergencial ?

Para trabalhadores informais, autônomos e Microempreendedores Individuais sem renda, o pagamento da próxima parcela do Auxílio Emergencial começará apenas na segunda-feira, 20. O depósito será feito nas contas digitais criadas especificamente para receber o benefício e que podem ser acessadas por meio do aplicativo Caixa Tem. 

O pagamento para público geral também ocorre de forma escalonada. Dessa forma, o pagamento não será feito ao mesmo tempo para todos. Para esse público, o depósito é feito com relação ao mês de nascimento de cada beneficiário. 

Nascidos em janeiro recebem na segunda-feira, aqueles que fazem aniversário em fevereiro, serão pagos na terça-feira e assim por dia. Porém, a liberação do saque das parcelas do auxílio emergencial para público geral não é imediata.

Em média, essas pessoas precisam esperar cerca de duas semanas para ter o direito de sacar o dinheiro recebido na 6 parcela do auxílio emergencial. O período de 14 dias entre o pagamento e a possibilidade de ter o dinheiro em cédulas para público geral ocorre desde o primeiro pagamento do benefício.

MAIS INFORMAÇÕES | Auxílio emergencial vai continuar? Governo vê chance

Quando cai o pagamento e quando começa o saque da 6 parcela do Auxílio Emergencial?

Público Geral:

Nascidos em janeiro  – 21/09 (depósito)  | 04/10 (saque)

Nascidos em fevereiro  – 22/09 (depósito) | 05/10 (saque)

Nascidos em março  – 23/09 (depósito) | 05/10 (saque)

- PUBLICIDADE -

Nascidos em abril  – 24/09 (depósito) |06/10 (saque)

Nascidos em maio  – 25/09 (depósito) | 08/10 (saque)

Nascidos em junho  – 26/09 (depósito) | 11/10 (saque)

Nascidos em julho  – 28/09 (depósito) | 13/10 (saque)

Nascidos em agosto  – 29/09 (depósito) | 14/10 (saque)

Nascidos em setembro – 30/09 (depósito) | 15/10 (saque)

Nascidos em outubro – 01/10 (depósito) | 18/10 (saque)

Nascidos em novembro  – 02/10 (depósito) | 19/10 (saque)

- PUBLICIDADE -

Nascidos em dezembro – 03/10 (depósito) | 19/10 (saque)

Bolsa Família  – datas de pagamento da sexta parcela do auxílio

NIS igual a 1  – 17/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 2 – 20/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 3 – 21/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 4  – 22/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 5  – 23/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 6 – 24/09 (pagamento e saque)

- PUBLICIDADE -

NIS igual a 7  – 27/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 8 – 28/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 9 – 29/09 (pagamento e saque)

NIS igual a 0 – 30/09 (pagamento e saque)

Como fazer consulta da 6 parcela do Auxílio Emergencial com o CPF no Dataprev?

>> Ao acessar o site do Dataprev (www.consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta), o usuário irá visualizar uma tabela com a solicitação dos dados necessários para fazer a consulta do Auxílio Emergencial 2021
>> Serão solicitados, apenas, os seguintes dados:

  • CPF
  • Nome Completo
  • Nome da Mãe
  • Data de Nascimento

>> Depois de informar os dados, o usuário deve selecionar a a caixa de verificação “Não sou um robô” e clicar em enviar
>>  O Dataprev irá consultar na base de dados as informações correspondentes ao CPF e nome informado
>> O sistema informará se o auxílio está “em análise”, “aprovado”, ou “inelegível”.

>> Com o status de aprovado, o cidadão deve apenas aguardar o depósito das parcelas conforme calendário em andamento

>> Se o sistema informar que o auxílio está “em análise”, significa que o benefício ainda pode ser liberado e o usuário precisa ficar acompanhando para não perder as datas de pagamento
>> Porém, se o status estiver como “inelegível”, isso quer dizer que o dono do CPF informado no ato da consulta não poderá receber as próximas parcelas do benefício e se o deposito cair automaticamente na conta, ele será obrigado a fazer a devolução do auxílio emergencial.

dataprev auxílio emergencial