Crédito do Pronampe permite estender prazo de carência

Desde março, micro e pequenos empresários ganharam mais prazo para o pagamento da dívida

Pequenos e microempreendedores que tomaram recursos emprestados, em 2020, pela linha de crédito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) podem negociar com as instituições financeiras a prorrogação do prazo de carência de 8 para 11 meses.

A possibilidade de ampliação está em vigor desde março, por decisão da assembleia de cotistas do Fundo de Garantia de Operações (FGO), que é o programa de garantia que dá suporte às instituições financeiras que operam com financiamento no âmbito do Pronampe.

A prorrogação não é automática, é feita a pedido do empreendedor. Por isso, o analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae, Weniston Abreu, orienta os empresários interessados em uma carência maior que procurem as instituições financeiras com as quais mantêm relacionamento. “Os bancos estão abertos à negociação e analisam caso a caso. Se o cliente solicitar, é possível que seu pedido seja aceito. Dificilmente um banco recusará um pleito desses.”

 

Weniston alerta, contudo, para o fato de que, mesmo com a receptividade dos bancos para a ampliação do prazo de carência, os empreendedores devem avaliar com cuidado se vale a pena pedir prazo maior para o início de pagamento das parcelas do crédito, por causa dos impactos futuros dessa decisão.

O analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae explica que, se houver ampliação da carência, sem mudança no prazo de pagamento, os bancos vão recalcular o valor das parcelas, que ficará mais elevado. “O empreendedor tem de avaliar se haveráer mudança no valor da parcela e avaliar o impacto. É importante esse cuidado, pois precisará ter caixa para pagar. Prorrogar é bom, permite mais fôlego, mas é preciso tomar uma decisão planejada.”

Os próprios bancos poderão ajudar a tirar dúvidas de empreendedores indecisos sobre a necessidade de ampliação da carência, mediante aplicação de um questionário. Há também instituições financeiras que oferecem a possibilidade de pedido de ampliação e avaliar a necessidade de carência mais elástica por meio de seus canais de relacionamento digital com seus clientes.

O que é o Pronampe

O Pronampe foi criado pelo governo em maio do ano passado para facilitar o acesso de pequenos e microempresários a uma linha de crédito mais barata, com juros menores e menos burocracia, para auxiliar os empreendedores na travessia da crise econômica, causada pela pandemia do coronavírus, sem demitir empregados.

De acordo com dados do Ministério da Economia, o Pronampe já colocou à disposição dos empreendedores, em várias rodadas de liberação, recursos da ordem de mais de R$ 37 bilhões em financiamento para aproximadamente 520 mil pequenos negócios.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes