Auxílio-doença para MEI: veja como solicitar e quais os prazos

O empreendedor pode receber o valor de R$ 1045, mas é preciso cumprir um número mínimo de recolhimentos mensais à Previdência Social.

O auxílio-doença para MEI é um direito. O benefício é pago a segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que estejam temporariamente incapazes de trabalhar, por acometimento de doença ou acidente. O empreendedor pode receber o valor de R$ 1045, mas é preciso cumprir um número mínimo de recolhimentos mensais à Previdência Social.

Quem é MEI também têm direito a outros benefícios previdenciários, como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez e salário-maternidade. Bem como, pensão por morte e auxílio-reclusão para seus dependentes.

Quanto tempo de contribuição para ter auxílio-doença para MEI?

O tempo de carência para poder receber o auxílio-doença para MEI é de 12 meses de contribuição ao INSS. No entanto, no caso de acidente de qualquer natureza e de acometimento de alguma das doenças especificadas em lei, não há necessidade de cumprir esses recolhimentos para receber o amparo financeiro.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Qual o valor?

O auxílio-doença é de R$ 1045 por mês, pago enquanto o MEI estiver afastado de suas atividades. Esse valor é válido pois a contribuição do MEI ao INSS é feita com base no salário mínimo. Através da guia do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), paga-se R$ 52,25 destinados à Previdência Social, o que equivale à 5% do salário mínimo vigente.

Ademais, o benefício pode ser solicitado a partir do primeiro dia que o microempreendedor individual ficar incapacitado de exercer suas atividades. Ao passo que o pagamento terá contagem a partir dessa data, quando o pedido for feito em até um mês.

Como requerer auxílio-doença para MEI?

Para solicitar o auxílio doença para MEI, o segurado pode ligar para a Central de Atendimento 135. Ou ainda acessar o site ou aplicativo Meu INSS e clicar na opção “Agende sua Perícia”. Depois escolher a opção “Agendar Novo”. Nota-se que devido a pandemia, pode-se solicitar o benefício sem realizar perícia médica, bastando anexar um atestado médico ao requerimento.

 

Leia também:

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes