Giannis renova contrato com Bucks e terá maior salário da história da NBA

Após vários capítulos, jogador e clube finalmente chegam em um acordo; com extensão do contrato por mais cinco anos, o atual bicampeão do prêmio de MVP da liga passará a receber valor superior a 1 bilhão de reais.

O astro do basquete, Giannis Antetokounmpo, acertou nesta terça-feira (15) sua extensão de contrato máxima com o Milwaukee Bucks. O atleta seguirá no clube por cinco anos e receberá um salário US$ 228 milhões (R$ 1,16 bilhão). Atual bicampeão do prêmio de MVP da liga, Giannis terá então o maior salário da história da NBA.

Antetokounmpo irá faturar o equivalente a R$ 200 milhões por ano. O salário de Giannis no Bucks dará aproximadamente R$ 17 milhões por mês, R$ 4,1 milhões por semana, R$ 595 mil por dia, R$ 24.801 por hora e R$ 413 por minuto.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Esta é minha casa, esta é minha cidade. Estou agradecido por ser capaz de ser uma parte do Milwaukee Bucks pelos próximos cinco anos. Vamos fazer estes anos valerem a pena. O show continua, vamos nessa”, escreveu o grego nas redes sociais.

De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN americana, o contrato ainda prevê uma opção de rescisão após quatro temporadas. Considerando o contrato atual, que terminaria ao fim de 2020-2021, são seis anos com US$ 256 milhões (R$ 1 bilhão e 300 milhões) garantidos para o ala.

+ São Paulo x Atlético MG fazem ‘final’ na abertura da rodada do Brasileirão

Giannis passa Westbrook e terá no Bucks o maior salário da NBA

Antetokounmpo conquistou na última temporada os prêmios de MVP e Jogador Defensivo do Ano. No entanto, apenas as lendas Michael Jordan e Hakeem Olajuwon, conseguiram o feito. O grego é o terceiro jogador na história a conseguir as premiações.

Na temporada passada, Giannis também teve suas melhores médias na carreira. Ele teve a média de 29,5 em pontos, 13,6 em rebotes, e por fim 5,6 assistências por jogo.

A extensão contratual do astro grego deixa para trás o recorde que pertencia a Russell Westbrook. Em 2017 o armador renovou com o Oklahoma City Thunder por um salário de US$ 206,8 milhões. Desde então, o atleta já passou pelo Houston Rockets e atualmente joga no Washington Wizards.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes