Bolsa Atleta: quanto ganha e quais as regras em 2022

Valor da Bolsa Atleta chega a R$ 15 mil

O Bolsa Atleta foi instituído pelo governo brasileiro em 2005, como um programa de patrocínio individual voltado para atletas de alto rendimento que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. Atualmente é uma ação da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e tem o objetivo de garantir condições mínimas para que os esportistas consigam se dedicar ao treinamento e competições locais e ao redor do mundo. Saiba mais sobre quanto ganha o beneficiário do Bolsa Atleta.

Bolsa Atleta quanto ganha?

O valor para quem ganha o Bolsa Atleta se divide em seis categorias diferentes, todas com o pagamento de 12 parcelas mensais a partir da assinatura do termo de adesão. Para aqueles classificados como Atleta de Base e Estudantil, o valor é de R$370; para os da categoria Nacional é de R$925; Internacional, de R$1.850; Olímpico/Paralímpico, de R$ 3.100; e para os de Pódio varia entre R$5.000 e R$15.000. 

O dinheiro é depositado em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal. Desde 2012, com a Lei 12.395/11, é permitido que o esportista ainda ganhe outros patrocínios, fazendo com que aqueles que já são consagrados possam ter a bolsa e também contar com outra fonte de recurso para suas atividades. 

Quem pode receber o benefício

O benefício contempla todos os atletas de alto rendimento que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. No entanto, aqueles dos esportes que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e dos Paralímpicos são priorizados inicialmente. Logo em seguida, a bolsa se destina a atletas de modalidades chamadas não olímpicas, ou seja, que fazem parte do programa dos Jogos Pan-Americanos e outras que não pertencem a essas competições. 

Para conseguir o benefício, também é necessário atender alguns pré-requisitos especificados para cada categoria, como, por exemplo, ter no mínimo 14 anos, estar vinculado a um clube e filiado a uma confederação, além de ter obtido resultado expressivo em competições previamente indicadas.

Quando abrem as inscrições para o programa

O prazo para se inscrever no Bolsa Atleta 2022 já se encerrou. Para conseguir a adesão ao programa em 2023, é necessário ficar atento aos editais publicados pelo governo, possivelmente no início do ano, entre janeiro e fevereiro. O procedimento para se inscrever pode ser feito de forma online. 

Acesse também:

Saiba tudo sobre Paulo André do BBB 22

Você pode gostar também